Música
Descrição de chapéu The New York Times

Como 'Drivers License', de Olivia Rodrigo, chegou ao topo das paradas em uma semana

Single viralizou no TikTok, quebrou recordes do Spotify e liderou paradas da Billboard

A cantora Olivia Rodrigo

A cantora Olivia Rodrigo Instagram/olivia.rodrigo

Joe Coscarelli
The New York Times

O primeiro grande single da indústria da música em 2021 é ao mesmo tempo um modelo testado –uma atriz da Disney que parte para o pop com uma balada grudenta e confessional sobre um fim de namoro– e um sucesso adolescente sem precedentes, para a era do TikTok.

"Drivers License", de Olivia Rodrigo, 17, estreou em primeiro lugar na parada de singles Billboard Hot 100, depois de uma semana de lançamento recorde em serviços de streaming como Spotify e Amazon Music. Ao longo do caminho, a canção autobiográfica despertou especulação na mídia social e nos veículos sensacionalistas, com os ouvintes tentando deslindar os paralelos entre a história contada na canção e a vida real, como costuma acontecer com as composições da heroína de Rodrigo, Taylor Swift.

Vídeos no TikTok conduzem a postagens em blogs, que conduzem a novos vídeos e áudios, e a artigos noticiosos, e de volta ao início. O loop de retroalimentação tornou a canção imbatível. "Foi com certeza a semana mais louca da minha vida", diz Rodrigo, que realmente tirou sua primeira licença como motorista no ano passado, em entrevista. "Minha vida toda mudou, como que em um instante."

Em um momento de abalo e de incerteza no setor de música, em meio à pandemia e a inquietações sociais, "Drivers License" foi lançado em diversas plataformas pela Geffen Records, acompanhado por um vídeo musical tristonho, em 8 de janeiro. A canção foi ouvida 76,1 milhões de vezes em serviços de streaming dos Estados Unidos naquela semana, de acordo com a Billboard, o maior total desde "WAP", de Cardi B e Megan Thee Stallion, em agosto (93 milhões).

No Spotify, "Drivers License" bateu um recorde de execuções diárias para um dia sem feriado, em 11 de janeiro, e depois superou essa marca no dia seguinte, terminando por estabelecer o recorde de execuções semanais do serviço de streaming em todo o mundo.

A faixa chegou ao primeiro lugar em 48 países na Apple Music, em 31 países no Spotify e em 14 países no YouTube, de acordo com a gravadora de Rodrigo. As vendas chegaram a 38 mil downloads nos Estados Unidos, o maior total da semana, e a faixa conquistou audiência de 8,1 milhões de pessoas no rádio, de acordo com a Billboard.

"Nós certamente não tínhamos ideia do tamanho que a coisa tomaria", diz Jeremy Erlich, codiretor de música do Spotify. "A faixa ganhou uma força monstruosa, mais do que já vi em qualquer outra canção. Aliás, acho que ela supera tudo que qualquer pessoa tenha visto antes."

A companhia, que respondeu por mais de 60% das execuções mundiais da faixa em sua primeira semana, respondeu ao interesse inicial reforçando sua promoção de "Drivers License", que agora faz parte de 150 playlists oficiais do Spotify. "Não está perdendo força, com certeza", diz Erlich. "A faixa é o assunto, dentro da empresa e em todo o setor."

A canção composta por Rodrigo e pelo produtor Dan Nigro começa com simplicidade: "Tirei minha carteira de motorista na semana passada", canta Rodrigo sobre um acompanhamento simples de piano, "como sempre conversamos que eu faria". Mas, pelo final da primeira estrofe, ela já está "chorando nos subúrbios", e a música ganha corpo até um refrão catártico, que culmina em um palavrão que não costuma ser ouvido nesse gênero de música.

A canção "equilibra com sucesso um melodrama sombrio mas bem delineado e uma melodia marcante e ousada, um estilo suave de cantar com imagens agudas", escreveu o crítico Jon Caramanica. "E cria uma canção pop moderna e de sucesso em todos os quesitos."

"Drivers License" talvez seja a estreia de Rodrigo como artista solo, mas ela já chegou trazendo uma audiência, graças aos seus trabalhos para a Disney. Nascida e criada no sul da Califórnia, ela se tornou participante regular de competições de canto a partir dos oito anos e estreou na TV em "Bizaardvark", exibida por três temporadas no Disney Channel entre 2016 e 2019.

Olivia Rodrigo, que aprendeu a tocar guitarra para seu papel na série, estrelava como Paige Olvera, uma adolescente que cria canções e vídeos para um estúdio de conteúdo online. Ela estrela como Nini Salazar-Roberts em "High School Musical: The Musical: The Series", do serviço de streaming Disney+. No ano passado, uma canção composta por ela, "All I Want", foi a faixa de maior sucesso no programa.

Mas como Miley Cyrus, Selena Gomez e Demi Lovato, que a precederam –e Britney Spears, Justin Timberlake e Christina Aguilera na geração anterior–, Rodrigo decidiu aproveitar suas experiências na máquina Disney e tentar traduzi-las para uma audiência mais ampla e mais adulta. Fãs especularam que "Drivers License" fala de Joshua Bassett, que divide com ela o estrelato de "High School Musical". Bassett lançou um single, cujo tema parece girar em torno de carros.

Erlich, o executivo do Spotify, afirma que "havia muitas incógnitas que ajudaram a transformar a canção na tempestade perfeita" para Rodrigo, entre as quais fofocas, a qualidade da canção, e o plano de marketing preparado com antecedência pela gravadora, com apoio de celebridades como Swift e Charli D’Amelio, do TikTok. "Foi um alinhamento perfeito, e muito mais rápido do que qualquer coisa que já tenhamos visto", ele diz. "Já vimos alinhamentos como esse, mas tipicamente eles demoram de três a seis meses para ocorrer –no caso dela, só foi preciso um dia e meio."

Rodrigo definiu a canção como "uma pequena cápsula do tempo" sobre um período monumental de seis meses que ela viveu no ano passado. Reconhecendo o "arquétipo" da estrela da Disney transformada em estrela pop, ela diz que estava nervosa com a colisão entre "as reações de pessoas que nunca ouviram meu nome e pessoas que cresceram me vendo na TV". Mas ficou contente ao perceber que os dois grupos de ouvintes pareciam igualmente interessados.

"O que 'Drivers License' tem de melhor é que vi muitos vídeos de gente dizendo que não fazia ideia de quem é aquela menina, mas realmente adorou a canção", diz Rodrigo, "o que foi realmente interessante para mim, porque por muito tempo eu fui escalada para projetos e personagens, e é assim que as pessoas me conhecem. Agora, é realmente bacana ser apresentada às pessoas pela primeira vez por meio de uma canção que me apaixona".

Tradução de Paulo Migliacci. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem