Música

Rapper primo de Beyoncé é encontrado morto nos Estados Unidos

Kardone havia assinado contrato com a gravadora Sony Music The Orchand

A cantora americana Beyoncé em evento
Cantora americana Beyoncé - AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O rapper Martell Derouen, conhecido artisticamente como Kardone, 34, foi encontrado morto nos Estados Unidos, segundo o jornal The Sun. Ele é primo da cantora Beyoncé, que não se pronunciou sobre a morte do primo até a publicação deste texto.

O corpo do cantor foi encontrado pela polícia com ferimentos de tiros, na última terça (26), em seu apartamento no Texas. Ele estava desaparecido há alguns dias e a principal suspeita do crime é Sasha Skare, 2, que lançou um single recentemente produzido pelo rapper.

Procurada pela polícia, Skare já se envolveu em um tiroteio que deixou um homem morto e outro ferido, em 2019, de acordo com o New York Post. "Não há como substituí-lo, mas, por favor, ajude-nos a encontrar essa garota", escreveu a esposa de Derouen, Joia, em um comunicado. "Ela [Sasha] é perigosa e eu acredito que ela matará novamente. Se você a vir, entre em contato com a polícia."

Kardone havia assinado contrato com a gravadora Sony Music The Orchand, em 2019. O amigo do cantor, Brian Mitchell, dono do Fyngermade Studio, disse que Kardone foi uma daquelas pessoas que subiram e brilharam.

Mitchell falou ainda que o rapper não costumava dizer que era supostamente parente de Beyoncé. "Isso nem é algo que ele mencionaria para as pessoas."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem