Música

Com tom político, System Of A Down anuncia retorno na música após 15 anos de pausa

Retorno da banda foi motivado pelos ataques do Azerbaijão à Armênia

Show da banda System of a Down, no palco Mundo, durante o primeiro dia do segundo final de semana do festival Rock in Rio que acontece na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro
Show da banda System of a Down, no palco Mundo, durante o primeiro dia do segundo final de semana do festival Rock in Rio que acontece na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro - Eduardo Anizelli-25.set.2015/Folhapress
São Paulo

A banda norte-americana System Of A Down anunciou o lançamento de duas músicas novas após 15 anos sem novidades. A notícia chegou através das redes sociais do grupo nesta sexta-feira (6), e deixou os fãs surpresos.

Motivados pelos recentes acontecimentos entre os países Azerbaijão e Armênia, que protagonizam combates e bombardeios na região de Nagorno-Karabakh desde meados de setembro. "Nós, enquanto System Of A Down, acabamos de lançar novas músicas pela primeira vez em 15 anos. A hora de fazer isso é agora, já que juntos, nós quatro temos algo extremamente importante a dizer como uma voz unificada", iniciou o comunicado.

As faixas "Protect the Land" e "Genocidal Humanoidz" falam sobre a atual guerra da pátria cultural de Artsakh e da Armênia, segundo a banda, que também está arrecadando doações para auxiliar afetados com os ataques. O grupo também fez questão de se posicionar a favor do Artsakh .

"Há uma necessidade imediata de cidadãos globais em apelar a seus respectivos governos a não apenas condenar as ações desse regime corrupto, mas também insistir que os líderes mundiais ajam com urgência para trazer paz à região e merecidamente reconhecer como a nação independente que é."

Como um ato de caridade, o dinheiro arrecadado com os downloads das músicas será revertido para o suporte a guerra. A banda também explicou em detalhes a atual situação e reforçou o pedido de resposta dos governos internacionais.

"Em 27 de setembro, as forças combinadas do Azerbaijão e da Turquia (ao lado de terroristas do ISIS da Síria) atacaram a República de Nagorno-Karabakh, que nós como armênios chamamos de Artsakh. Ao longo do último mês, civis jovens e velhos foram acordados dia e noite por visões assustadores e sons de ataques de foguetes, bombas caindo, mísseis, drones e ataques terroristas. Eles tiveram de transformar abrigos temporários em santuários, tentando evitar a queda de bombas fora da lei chovendo em suas ruas e casas, hospitais e lugares de adoração."

Formada em Glendale, Califórnia (EUA), System Of A Down surgiu no ano de 1994. O grupo de metal amerno-americano é composto por Serj Tankian (vocais, teclados, guitarra), Daron Malakian (guitarra, vocais), Shavo Odadjian (baixo, vocais) e John Dolmayan (bateria).

Nesta sexta-feira (6), também foi lançado o clipe de "Protect The Land", que mostra imagens recentes dos protestos. A produção e a curadoria da capa do álbum é de Odadjian -assim como de todos os lançamentos anteriores da banda.

"Eu queria mostrar a unificação de nosso povo ao redor do mundo por uma causa comum, ilustrando o poder dos números", afirmou. "Reunimos pessoas de todas as idades e profissões que acreditam e lutam por essa mesma causa. Uma coisa é ter uma ideia, mas vê-la ganhar vida, como aconteceu com este vídeo, foi simplesmente incrível."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem