Música

Liam Payne lança novo álbum e considera possível reunião do One Direction

Os cinco ex-integrantes da boyband têm trabalhado em material solo nos últimos anos

Liam Payne - Instagram/liampayne
São Paulo

O cantor Liam Payne, 26, disse durante uma entrevista para uma TV inglesa publicada nesta segunda (9) que acredita que a boyband One Direction poderia voltar a se reunir. O grupo entrou em hiato em 2016 após o anúncio da saída de Zayn Malik, em março de 2015.

A declaração de Payne acontece num cenário hoje em que os cinco integrantes da formação original trabalham, separadamente, em suas carreiras solo.

"Acho que em algum momento voltaremos a nos reunir", disse. “Acho que vamos, com certeza. Ainda não sei quando, mas tudo o que sei é que há pelo menos dois anos, todos nós estamos lançando músicas novas e trabalhamos em suas divulgações", adicionou na entrevista ao programa "Sunday´s Brunch", da emissora Channel 4’s.

Na entrevista, ele revelou também que, em três anos, encontrou pela primeira vez o colega de banda Harry Styles, em um recente evento natalino em Londres (Reino Unido). "Nós não nos víamos há muito, muito tempo. Foi muito legal, ele ainda é o mesmo garoto de quando eu o deixei, muito gentil ... ele é um garoto adorável".

Primeiro álbum solo

Payne acaba de lançar seu trabalho solo de estreia, intitulado "LP1". O álbum inclui os hits globais "Stack It Up", com participação de A Boogie Wit da Hoodie, "Polaroid", "For You" e "Strip That Down", esta última em parceria com Quavo. 

Gravado em diversos lugares mundo afora, incluindo Londres, Nova Iorque e Los Angeles, "LP1" tem a assinatura do pop urbano pelo qual o cantor ficou conhecido, além de trazer faixas com uma sonoridade mais despojada. O disco contou com renomados produtores e colaboradores, como Ed Sheeran, Ryan Tedder, Zedd, Jonas Blue, entre outros.

"Tive tantas experiências maravilhosas nos últimos anos que usei como inspiração para esse trabalho - tem sido um verdadeiro projeto de amor. Trabalhei no estúdio com pessoas incrivelmente talentosas para produzir um álbum que, verdadeiramente, me representa e estou muito orgulhoso. Seu apoio significa tudo para mim e mal posso esperar para que todos vocês o ouçam", disse o cantor.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem