Música

Prince teria acusado indústria de empurrar Katy Perry e Ed Sheeran 'goela abaixo'

Diário inédito do cantor revela frase polêmica, diz The Daily Mail

O cantor Prince durante show no Rock in Rio 2, em 1991
O cantor Prince durante show no Rock in Rio 2, em 1991 - Fernando Rabelo/Folhapress
São Paulo

Mesmo depois de sua morte, em 2016, Prince ainda causa polêmica. De acordo com o Daily Mail, um diário encontrado entre os bens do cantor teria revelado que ele considerava que a indústria musical empurrava Katy Perry e Ed Sheeran "goela abaixo". 

O suposto diário foi encontrado em meio a fotografias e músicas escritas à mão, dentro da casa do astro em Minnesota (EUA). Sobre os artistas, ele ainda teria escrito: "Nós não gostamos de suas músicas, não importa quantas vezes elas toquem". 

Os bens de Prince, que morreu sem deixar testamento, estão nas mãos de um tutor legal desde 2016 e, por determinação do Estado norte-americano, devem gerar rentabilidade. Portanto, os escritos teriam sido encontrados no meio de vasto acervo de documentos deixados pelo falecido artista, que está sendo avaliado. 

O músico ficou famoso por canções como  "Purple Rain", "1999", "When Doves Cry" e "Little Red Corvette". Ele misturou elementos de jazz, funk estadunidense, R&B, disco e rock em sua obra, que conta com mais de 30 álbuns que venderam cerca de 36 milhões de cópias só nos Estados Unidos desde 1978, segundo o Daily Mail.

Sua morte foi causada por uso de fentanil, mesmo opioide analgésico que causou overdose em Demi Lovato em 2018. A substância também foi responsável pela morte do rapper em ascensão Lil Peep, aos 21 anos. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas