Música

Rihanna confirma álbum de reggae e comenta possível colaboração de Lady Gaga e Drake

Novo trabalho deve se chamar 'R-9' por pressão dos fãs

Rihanna em tapete vermelho de Londres
Rihanna em tapete vermelho de Londres ORG XMIT: GDY26 - Simon Dawson-13.jun.2018/Reuters
São Paulo

A cantora Rihanna, 31, revelou que seu novo álbum será focado no estilo do reggae. Em entrevista ao caderno de moda do jornal norte-americano The New York Times, a cantora deu detalhes sobre a nova produção que, por enquanto, deve se chamar "R-9".

“Até agora está como R9, graças à Navy [nome dado aos fãs da cantora]. Eu estou prestes a chamá-lo assim, porque eles me assombram com esse ‘Quando o R9 vai sair?’ Como vou aceitar outro nome depois de terem colocado esse na minha cabeça?”, disse.

Questionada sobre uma possível parceria com Lady Gaga e com o rapper Drake, a cantora negou, mas deixou claro que não ignora a ideia. 

"Não [estou trabalhando com Gaga]. [Acham que eu estou] talvez porque ela me seguiu no Instagram. Não está nos planos agora, mas eu não sou contra isso", esclareceu. Sobre Drake, ela disse: “Não tão cedo, não vejo isso acontecendo. Não neste álbum, com certeza.”

Ela e o rapper já fizeram parcerias como "Work" e “What’s My Name”, alguns dos maiores sucessos de Rihanna, e que fez com que muitos fãs especulassem um romance entre os dois.

No entanto, ela garante na entrevista que não costuma ter muitos encontros: “Eu não saio. Eu saio para comer um jantar. Eu tento me divertir tanto quanto posso durante o trabalho. E mesmo depois do trabalho, quando estou literalmente na minha cozinha tomando uma bebida, convido toda a minha equipe. E nós trabalhamos ainda.”

Na última semana, Rihanna anunciou o lançamento da Fenty, sua grife de roupas de luxo, se tornando a primeira mulher negra a criar uma marca na Moët Hennessy Louis Vuitton SE.

"Sou jovem. Estou chegando agora. Eu sou uma mulher. São fatores que entram em jogo, mas não vou pedir desculpas por eles, e eu não vou recuar de ser mulher, de ser preta, de ter uma opinião. Estou dirigindo uma empresa e é exatamente isso que vim fazer aqui“, disse a cantora.

Questionada sobre voltar a atuar, ela disse que “provavelmente vou tentar um pouco mais, mas não faria um papel grandioso até que soubesse que consigo lidar e carregar um filme sozinha, porque eles têm oferecido isso a mim“, disse. "Eu digo sempre ‘Pessoal, obrigado por acreditarem mim, mas a Angelina Jolie está aí", brincou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias