Música

Justiça espanhola inocenta Shakira por denúncia de suposto plágio

'Em resumo, não existe de nenhuma maneira plágio', concluiu o tribunal

A cantora Shakira
A cantora Shakira - AFP
Madri

A cantora colombiana Shakira, 42, e seu compatriota Carlos Vives, 57, foram absolvidos por um tribunal espanhol em um processo por suposto plágio da música "La Bicicleta", vencedora do Grammy Latino de 2016 de melhor canção, anunciou a justiça espanhola nesta quinta-feira (16).

Depois de ouvir as partes envolvidas no processo, em 27 de março em Madri, o tribunal mercantil anunciou que "rejeita a demanda" do cubano Livam de que a música era uma cópia de sua canção "Yo te quiero tanto" de 1997.

"A letra da música é igual em quatro palavras (...) quanto à melodia não há coincidência alguma; a velocidade do ritmo e a harmonia também são diferentes", afirma a sentença. 

"Em resumo, não existe de nenhuma maneira plágio", concluiu o tribunal. A decisão pode ser objeto de recurso.

Liván Rafael Castellano, conhecido como Livam, e sua gravadora MDRB Music Publishing apresentaram ação de plágio contra os dois cantores colombianos, assim como o produtor Andrés Castro e a gravadora Sony.

A principal semelhança entre as composições está no refrão: se em "La bicicleta" Shakira e Carlos Vives cantam "que te sueño y que te quiero tanto", na música de Livam ele canta "yo te quiero, yo te quiero tanto".

O tribunal admitiu a semelhança, mas afirmou que "a frase é uma expressão comum, utilizada em todo tipo de canções e textos ao longo da história".

Em seu depoimento, a estrela da música afirmou que nunca havia escutado a canção de Livam e defendeu que a composição "não tem nada de parecido".

Esta não foi a primeira denúncia de plágio contra Shakira. Em 2014, a justiça americana decidiu em primeira instância que a música "Loca" era uma cópia ilegal de uma canção composta por um dominicano de 1998.

A cantora de 42 anos, que mora atualmente em Barcelona, deve retornar aos tribunais em junho para depor como investigada em uma suposta fraude fiscal de 14,5 milhões de euros.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias