Música

Silvero Pereira sensualiza em clipe de 'Vem' e diz que a arte é a mais potente arma na luta LGBT

Canção celebra Fortaleza, o Carnaval e a diversidade, diz ator

Silvero Pereira no clipe de

Silvero Pereira no clipe de "Vem" Divulgação

Leonardo Sanchez
São Paulo

​​Conhecido do público pelo trabalho nos palcos e na TV —ele ganhou fama como o Nonato da novela "A Força do Querer" (Globo, 2017)—, Silvero Pereira, 36, agora expande seu currículo para a área musical. O cearense divulgou o clipe de sua música "Vem", recheado de cenas sensuais e de homenagens à terra natal do ator e, agora, também cantor.

Vestindo os trajes de drag queen que tornaram seu rosto conhecido no folhetim de Glória Perez, o vídeo o acompanha durante um delírio causado pelo encontro com um rapaz misterioso e sarado em um banheiro. "O autor da música é o cearense Raul Andrade, que a fez para ser alegre, divertida e descontraída", disse em entrevista ao F5. "A partir daí, fiz o roteiro do clipe pensando em trazer essas referências."

Para Pereira, sua carreira no teatro, especialmente como dramaturgo, o ajudou a compor as imagens do clipe, obedecendo à letra da canção. "Daí as cenas de teatro, festa, romance, banheiro, sedução, sol, praia e Carnaval."

Mirando o Carnaval, a música não quer apenas bombar no período de bloquinhos e folia, mas também presta uma homenagem à festa popular. "Eu queria estrear [a canção] no pré-Carnaval de Fortaleza, como uma homenagem à cidade, ao Carnaval cearense, que vem crescendo e criando um conceito novo, e, principalmente, como mais uma forma de militar nas questões de gênero e diversidade."

O lançamento de "Vem" acompanha a recente e volumosa safra de hits dançantes de drag queens brasileiras, que frequentemente esbanjam sensualidade em suas produções, assim como Pereira. Para ele, a tendência é reflexo das lutas dos movimentos LGBT no país, que foram capazes de construir espaços para que esse tipo de arte se manifeste.

"É de extrema importância que a gente continue demarcando o território de liberdade e respeito e acredito que a arte seja nossa maior e mais potente arma no cenário atual brasileiro", explica. "Temos que ver, aplaudir e fortalecer qualquer trabalho que traga em primeiro plano os grupos que por anos foram oprimidos e que agora, empoderados, não podem perder os ganhos já conquistados."

 

Filmado em três dias, o clipe de "Vem", lançado no último sábado (16), traz, além do romance central entre Silvero Pereira e um rapaz, dançarinas com diferentes estilos e corpos que fazem parte do coletivo As Travestidas. "Foi muito divertido fazer os takes", diz o ator.

 Pereira afirma que a música vem ganhando cada vez mais espaço em sua carreira desde o espetáculo "BR-Trans", que ele escreveu e protagonizou e que destaca as vivências de travestis, transformistas e transexuais.

A novela "A Força do Querer", na qual ele cantava, e o Show dos Famosos também contribuíram. Para o futuro, Pereira promete uma parceria com a artista Blackyva, na música "City Day Moral".​

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem