Música

'Pacato Cidadão' ou 'Macaco Cidadão'? Busca por música do Skank dispara 1.150% após confusão

Samuel Rosa, vocalista, respondeu internauta em uma rede social

Samuel Rosa durante apresentação do Skank em Belo Horizonte, no Chevrolet Hall, em 2015 - Alexandre Rezende - 11.set.2015/Folhapress
São Paulo

Que atire a primeira pedra quem nunca cantou uma música errada e só descobriu a falha muito tempo depois. Foi o que aconteceu com um internauta que achou que "Pacato Cidadão", música da banda Skank, se chamava "Macaco Cidadão" (diz o refrão da canção de 1994: "Pacato cidadão / Ô pacato da civilização / Pacato cidadão / Ô pacato da civilização").

O problema é que, no caso da vez, quem "cantou" a música errada foi corrigido pelo próprio cantor no espaço de comentários de uma rede social —e o assunto acabou virando meme entre internautas.

Além da piada, o caso fez disparar as buscas no Google pela letra original da canção e pelo nome de Samuel Rosa. De acordo com um levantamento do site, a procura por "Pacato Cidadão" subiu 1.150% entre 17h e 19h desta quinta-feira (14), enquanto o interesse pelo cantor Samuel Rosa subiu 450%.

Rio, Distrito Federal e Minas Gerais foram os principais estados que pesquisaram a música nas últimas 24 horas, também de acordo com o Google.

"Olha só como é a vida. A gente doida pelo hit do carnaval, crente que ia ser uma música nova, mas o hit do Carnaval vai ser 'Pacato Cidadão'", disse um internauta após o caso viralizar. 

'Pacato Cidadão' ou 'Macaco Cidadão'? Busca por música do Skank dispara 1150% após confusão
'Pacato Cidadão' ou 'Macaco Cidadão'? Busca por música do Skank dispara 1150% após confusão - Reprodução
'Pacato Cidadão' ou 'Macaco Cidadão'? Busca por música do Skank dispara 1150% após confusão
'Pacato Cidadão' ou 'Macaco Cidadão'? Busca por música do Skank dispara 1150% após confusão - Reprodução

A CONFUSÃO

Nesta terça-feira (13), ao fazer uma publicação em defesa da criminalização da homofonia, Samuel Rosa corrigiu um internauta que criticou, no espaço de comentários, o Skank por uma ter uma música que ele acreditava se chamar "Macaco Cidadão". 

"Para mim tudo isso é frescura. O Skank tem uma música por nome chamada 'Macaco Cidadão'. Hoje, você chamar uma pessoa de macaco é crime. Então, para mim, isso tudo não passa de frescura", escreveu o internauta. Ao que Samuel Rosa respondeu: "'Pacato Cidadão', por favor".

Ao F5, o autor do comentário, Dirceu Catedral, disse que ficou surpreso com a repercussão. "Eu não imaginava, mas fiquei muito feliz por ter provocado o riso nas pessoas. Quero deixar claro que eu não sou racista nem homofóbico como algumas pessoas estão falando. Tudo que aconteceu foi um mal-entendido na minha parte. Até então, sempre achava que o nome da música era 'Macaco Cidadão'", afirmou.   ​

O Skank entrou na onda e publicou, nas suas contas em redes sociais, trechos de vídeo em que a banda canta a música, sucesso da década de 1990.

Samuel Rosa, do Skank, corrige internauta que corrigiu nome de música
Samuel Rosa, do Skank, corrige internauta que corrigiu nome de música - Reprodução Instagram/skankoficial
 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem