Música

Lexa e Ludmilla vão se apresentar no aniversário do filho de ditador da Guiné Equatorial

Cantoras viajaram para o país neste domingo (24)

Lexa aproveita estadia em hotel da Guiné Equatorial
Lexa aproveita estadia em hotel da Guiné Equatorial - Reprodução
São Paulo

As cantoras Lexa e Ludmilla, ambas de 23 anos, viajaram à Guiné Equatorial neste fim de semana para se apresentarem no aniversário do filho do ditador do país, o vice-presidente Teodoro Nguema Obiang Mangue, que completa 49 anos nesta segunda (25).

​Assim como elas, a bateria da escola de samba Mangueira também deve marcar presença na celebração. De acordo com um vídeo publicado por Lexa nas redes sociais, artistas de diversas partes do mundo foram convidados para animar o aniversário.

​A relação de Teodoro Nguema Obiang Mangue com o Brasil é de longa data. Em 2015, segundo o jornal O Globo, o governo de Guiné Equatorial pagou R$ 10 milhões à Beija-Flor para a escola fazer do país seu enredo —apesar de criticado devido ao tema, o desfile foi campeão daquele ano.

Além disso, o ditador do país africano, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, há 39 anos no poder, já realizou naturalizações em massa de jogadores brasileiros para reforçar a seleção de futebol da Guiné Equatorial.

Lexa está compartilhando a viagem com seus seguidores nas redes sociais. Ela está hospedada em um hotel de luxo e encontrou o cantor americano Akon no país.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias