Música

Ações do Snapchat caem após Rihanna pedir a fãs que apaguem aplicativo

Propaganda de jogo no app fez piada com agressão de Chris Brown a cantora

Rihanna sofreu espancamento nas mãos de seu então namorado Chris Brown
Rihanna sofreu espancamento nas mãos de seu então namorado Chris Brown - Ludovic Marin/AFP

Jill Sergeant
Los Angeles

A pop star Rihanna exortou seus fãs nesta quinta-feira (15) a apagarem o Snapchat depois que o aplicativo de rede social publicou um anúncio zombando do espancamento que ela sofreu nas mãos de seu então namorado Chris Brown em 2009.

As ações da Snap Inc, a fabricante do aplicativo, caíam 4,7 por cento no pregão desta quinta.

"Snapchat eu sei que você sabe que não é meu aplicativo favorito neste mundo. Mas estou tentando entender o por que dessa palhaçada. Vocês gastaram dinheiro para animar algo que envergonharia intencionalmente as vítimas de violência doméstica e fizeram piada disso. Que vergonha", escreveu a cantora no Instagram.

A intérprete de 30 anos de "Wild Thoughts" se pronunciou depois de o Snapchat pedir desculpas no início da semana e retirar o anúncio de um videogame online chamado "Would You Rather!", que mostrava fotos de Rihanna e Brown com as legendas: "Estapeie Rihanna" e "Soque Chris Brown".

O cantor de R&B se declarou culpado de ter agredido Rihanna em 2009, um incidente que rendeu manchetes em todo o mundo quando uma foto do rosto machucado da artista foi divulgada.

No início da semana, o Snapchat disse em um comunicado que o anúncio "foi analisado e aprovado por engano, já que viola nossas diretrizes de propaganda" e que foi removido no final de semana. O Snapchat afirmou nesta quinta que o anúncio foi "nojento e nunca deveria ter aparecido em nosso serviço".

"Lamentamos que tenhamos cometido o terrível erro de permitir isso através de nosso processo de revisão. Estamos investigando como isso aconteceu para que possamos garantir que nunca mais aconteça", disse a empresa em um comunicado.

Os comentários da cantora foram o episódio mais recente de publicidade negativa para o Snapchatsuas ações perderam cerca de US$ 1,5 bilhão de valor de mercado por conta de um tuíte de Kylie Jenner.

Reuters
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem