Games

Dois brasileiros disputam final mundial de 'League of Legends' neste sábado

Tinowns, campeão do último "Red Bull Player One"
Tinowns, campeão do último "Red Bull Player One" - Divulgação


O "Red Bull Player One" é o maior campeonato amador do jogo "League of Legends" em que os jogadores se enfrentam um contra um --diferente dos tradicionais campeonatos de LOL, em que as partidas são jogadas entre times de cinco pessoas.

O campeonato teve quatro fases qualificatórias on-line no Brasil, selecionando dois finalistas dentre 2.823 inscritos. Neste sábado (18), a competição chega a sua final mundial, que acontecerá na ESL São Paulo.

​Separados em dois grupos, os jogadores jogam entre si em disputa MD3 (melhor de três). Os primeiros colocados dos grupos avançam para a final, um contra o outro. 

Lucas Gregio, 18, um dos finalistas brasileiros, afirma que começou a jogar por influência de seu irmão, que lhe apresentou o jogo. E, para ele, o campeonato foi bom mesmo sem ter treinado muito. "Foi ótimo e, para falar a verdade, não me preparei". 

Já Júlio César, 18, diz que vem treinando cada vez mais. "A rotina agora é acordar, treinar e acordar", brincou. "Para a final quero dar o meu melhor, pois me esforcei muito, e conseguir ganhar esse desafio."

O prêmio da competição não é divulgado. No entanto, o maior prêmio que os jogadores podem ganhar é visibilidade para jogar em times profissionais. César, finalista brasileiro, foi convidado para jogar pela OPK, time profissional de LOL, e deve assinar contrato no final do campeonato.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem