Fofices

Filha de Angélica, Eva se fantasia de fada Bela em homenagem surpresa de aniversário

Atriz e apresentadora completou 47 anos nesta segunda-feira (30)

Fada Bela de Assis (Angélica) - Globo
São Paulo

A apresentadora Angélica Sky completou 47 anos nesta segunda-feira (30), e ganhou diversas homenagens incluindo de amigos, fãs e do marido, Luciano Huck, 49. Entretanto, a aniversariante foi pega de surpresa com o 'parabéns' da filha Eva, de oito anos.

A caçula dos apresentadores, que também são pais de Joaquim, 15, e Benício, 13, incorporou uma personagem vivida por Angélica no seriado "Caça Talentos", transmitido pela Globo no fim dos anos 1990. Eva vestiu uma fantasia da fada Bela e se apresentou para a mãe na sala de estar.

"E o meu dia termina com uma surpresa da minha Eva ela se produziu de fada bela e veio me homenagear. Fofa te amo filha", escreveu Angélica na publicação feita em seu Instagram. O momento rendeu muitos comentários e elogios a pequena de oito anos.

Adriane Galisteu, Ana Furtado, Lucio Mauro Filho, Suzana Pires, entre outros famosos parabenizaram a performance de Eva como fada bela. "Não aguentooooooo!!!! Eva, sua linda, deusinha, que homenagem linda pra sua mami!", comentou a atriz Suzana Pires. (sic).

O apresentador do Caldeirão do Huck, também homenageou a esposa por meio das redes sociais. Ele compartilhou uma foto ao lado da amada e escreveu uma legenda romântica. "Dia de celebrar a mulher mais incrível que já conheci. Este ano esta sendo um ano difícil, estranho, dolorido para o Brasil e o mundo. Mas ficamos mais juntos do que nunca. Isolados, quarentenados, recolhidos. E quanto mais tempo, quanto mais junto, quanto mais perto fico dela, mais potente fica nossa relação, nossa parceria, nosso amor."

Angélica fez em sua estreia na Globo, em 1996, com a novela infantojuvenil “Caça Talentos”. A trama chegou a ser reprisada no canal Viva no ano passado.

"Fazer parte de ‘Caça Talentos’ foi mágico realmente como era a própria novela. Foi logo que eu estreei na Globo. Tinha todo um carinho da equipe de dramaturgia para abraçar o projeto, já que era uma novela infantil, que não era uma coisa corriqueira. A gente gravava para caramba, tinha muito efeito especial e, nessa época, o efeito não era como hoje. A gente demorava gravando e era super trabalhoso, mas muito gratificante”, disse a atriz e apresentadora em 2019, ao F5.

Confira as publicações:

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem