SPFW

Deborah Secco diz que marido é julgado como ator por ser casado com ela: 'Pessoas maldosas'

Hugo Moura está no ar atualmente fazendo Daniel em 'Malhação'

Deborah Secco
Deborah Secco - Leo Franco / AgNews
Karina Matias
São Paulo

A atriz Deborah Secco, 39, disse nesta quarta-feira (24), na São Paulo Fashion Week, que o trabalho do marido, Hugo Moura, 28, como ator é muito julgado por ser casado com ela. “As pessoas são muito maldosas e acabam julgando ele como o cara que usa a Deborah para isso“, disse.

Apesar disso, a atriz afirma que Moura está conseguindo superar as dificuldades no papel de Daniel na nova fase de "Malhação". “Ele focou, estudou, evoluiu e está construindo a trajetória dele, porque é muito difícil mesmo querer ser a mesma coisa que sua mulher já é há tantos anos”, disse.

Desde a estreia da nova temporada, Secco tem elogiado o marido em suas redes sociais: “Independentemente das comparações e dos patamares que alcançamos na vida, o que ele conquista é muito importante para ele e para mim. Valorizar a pessoa que a gente ama acho que é um dos grandes trunfos de uma relação a dois”.

Longe das novelas desde "Segundo Sol", a atriz recebeu algumas críticas nos últimos dias por conta das lentes de contato que colocou nos dentes. “Quem está preocupado com isso, não fique, porque eu estou bem feliz”, afirmou ao contar que o marido e a filha, Maria Flor, nem notaram a diferença

Sem planos de voltar para a TV agora, Secco diz estar aproveitando as férias. Nesta quarta ela esteve na SPFW para divulgar a 2ª Campanha de Conscientização da UCE (Urticária Crônica Espontânea), uma doença que atinge 1 milhão de brasileiros, mas que ainda é pouco conhecida.

“Quando me convidaram, procurei me informar, estudar, conversei com pessoas portadoras da UCE e descobri que com todas elas acontece essa dificuldade de diagnóstico. Então, resolvi abraçar a causa porque é importante levar essa informação para as pessoas. Se você tem uma coceira, vermelhidão por períodos consecutivos, você pode ter uma doença que tem tratamento”, informou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias