Estilo

De Natália Guimarães a Renata Fan, misses lamentam morte de Martha Rocha

Baiana foi a primeira Miss Brasil e ficou em segundo lugar no Miss Universo em 1954

Martha Rocha posa com as concorrentes ao título de 2004
Martha Rocha posa com as concorrentes ao título de 2004 - Marlene Bergamo/Folhapress
São Paulo

A morte de Martha Rocha, a primeira Miss Brasil, foi lamentada por diversas personalidades ligadas ao universo dos concursos de beleza. A baiana, que tinha 87 anos, marcou época ao ser vice-campeã do Miss Universo 1954 e ficou conhecida pela lenda de ter perdido a coroa por duas polegadas a mais no quadril.

Considerada ícone a beleza, ela deu o pontapé inicial aos concursos de beleza no Brasil e inspirou diversas mulheres desde a década de 50 até hoje. Confira abaixo os relatos que o F5 apurou com Júlia Horta, Natália Guimarães, Renata Fan, Débora Lyra e muito mais.

JÚLIA HORTA, Miss Brasil Universo 2019
"Desde que participei do meu primeiro concurso de beleza e comecei a me interessar pelo mundo miss e todas as suas histórias, um dos nomes que eu mais ouvia era Martha Rocha. Uma mulher belíssima que trouxe muita alegria para o nosso país na época em que foi eleita e, claro, muito orgulho ao ficar em segundo lugar no Miss Universo. Eu a admiro muito e hoje desejo que Deus conforte o coração de todos aqueles que a amavam. Com certeza ela será sempre lembrada pelo mundo miss com muito carinho."

Ieda Maria Vargas em foto de 1964
Ieda Maria Vargas em foto de 1964 - Acervo UH/Folhapress

IEDA MARIA VARGAS, Miss Brasil e Miss Universo 1963

"É com extremo pesar que me despeço hoje da minha querida amiga Martha Rocha (Miss Brasil 1954). Sobre a famosa 'lenda das 2 polegas', sempre foi motivo de muitas risadas entre nós duas. Que ela fique para a história,não pela sua beleza, nem pela famosa lenda, mas por sua incrível capacidade de amar os amigos e sua grande alegria de viver. Vá em paz minha amiga." (Via Instagram)

NATÁLIA GUIMARÃES, atriz e Miss Brasil Universo 2007

"Fiquei muito triste com a notícia, de saber que a gente perdeu, pelo menos neste plano, essa grande mulher. Com certeza ela é um marco na história das misses e me sinto muito honrada de ser Miss Brasil como ela foi e também de, assim como ela, ter ficado em segundo lugar no Miss Universo. Cresci ouvindo o nome de Martha Rocha e me sinto muito grata de ter marcado minhas pegadas por onde ela trilhou. Ela foi Miss Universo para muita gente, uma miss do povo, e inesquecível, pois seu nome é muito lembrado por todos quando se fala de misses. Tive a oportunidade de conhecê-la pessoalmente há alguns anos e foi muito bacana ver que ela realmente é linda, maravilhosa, de olhos hipnotizantes. A gente sempre vai lembrar dela como um ícone no mundo miss, da beleza e das mulheres."

RENATA FAN, apresentadora e Miss Brasil Universo 1999

"Hoje é um dia muito triste para a beleza brasileira, para a causa feminina e para a divulgação da imagem positiva das mulheres ao redor do planeta, o que a Martha Rocha fez com toda a sabedoria, com galhardia e com classe, e não só na questão estética. Ficou muito marcado por que ela não foi Miss Universo, ela quase chegou lá. Tanto que a história das polegadas é algo que até hoje tem uma simbologia. Eu tive poucas interações com ela, nos encontramos na Bahia uma vez, e ali já vi que é uma mulher que definitivamente entrou para a história, um dos grandes símbolos femininos do Brasil, principalmente no século 20. Ela é alguém que me inspirou e que ajudou muito no meu papel e na minha vida como Miss brasil. Uma perda lamentável e eu fico muito triste por tudo isso."

DEISE NUNES, modelo e Miss Brasil Universo 1986
"Foi uma notícia que pegou todas nós de surpresa. Martha Rocha é uma mulher icônica, uma miss bafônica, com um sorriso largo e bonito. Uma mulher elegante, com glamour, refinada, de personalidade muito forte. Ela é inspiração para todas as misses, impossível não se inspirar na Martha Rocha, naquela elegância, no andar, na sua sofisticação e no gestual. Brilhou muito entre nós e vai seguir brilhando em nosso corações, não tenha dúvida. Por duas polegadas a mais não trouxe em 1954 o título mas, para nós brasileiros, amante dos concursos de beleza, ela com certeza tem esse título de Miss Universo. Pude conhecer ela pessoalmente em vários momentos, foi um privilégio incrível, e agradeço por essa oportunidade. É uma perda lamentável, que descanse em paz e que o Senhor possa confortar o coração da família e dos inúmeros fãs que ela deixou por aqui. Sua história jamais será apagada e está eternizada."

DÉBORA LYRA, Miss Brasil Universo 2010
"Infelizmente não tive a oportunidade de conhecer a Martha Rocha, mas todas as pessoas que passam pelo universo miss sabem o quão importante ela foi para todo esse legado e toda essa construção que a gente vem fazendo nesse mercado das misses. E, sem sombra de dúvidas a partida dela vai deixar muitas saudades, pois sempre foi um ícone e referência pra gente. Deixa uma tristeza para nós, independente de quem conhecia ou não, até para quem era mais próximo dela. Tenho certeza de que ela deixou uma história lindíssima, cumpriu sua missão no mundo miss e será muito bem lembrada por todas nós."

KAMILLA SALGADO, ex-BBB e Miss Brasil Mundo 2010
"Eu acredito que a Martha Rocha foi um dos maiores nomes do Miss Brasil. Foi a primeira e inspirou muitas de nós, inclusive eu. Uma mulher muito bonita, super decidida, sabia sempre o que queria. Perdeu o Miss Universo, mas seu nome ficou muito conhecido no Brasil e no mundo. lembro daquela lenda das polegadas por muito temp se manteve, até que ela mesmo desmentiu. Ela foi uma mulher que representou muito bem o glamour das misses numa época em que o concurso era muito estereotipado, o que sempre foi muito difícil. Até hoje seu nome é muito lembrado. fico muito triste a credito que perdemos uma mulher maravilhosa."

Sancler Frantz, a Miss Mundo Brasil 2013
Sancler Frantz, a Miss Mundo Brasil 2013 - Zanone Fraissat/Folhapress

SANCLER FRANTZ, modelo e Miss Brasil Mundo 2013

"Eu cresci ouvindo o nome da Martha Rocha como a miss mais amada do Brasil. Martha se tornou sinônimo de beleza, brilho e inspiração. Não apenas como Miss, mas como brasileira, me sinto eternamente honrada e grata por ter Martha como nossa primeira Miss Brasil, pois ela foi a maior responsável pelo amor dos brasileiros pelos concursos de beleza, e assim será para sempre, inesquecível e amada Martha Rocha."

ÍTALO CERQUEIRA, Mister Brasil CNB 2019
Infelizmente hoje perdemos uma pessoa histórica no mundo miss, Marta Rocha, a primeira miss Brasil da história. Com esse fato fica a reflexão de sempre aproveitarmos a vida, a família enquanto estamos sãos e poder de alguma forma ajudar a sociedade, fazendo nosso papel. Meus sentimentos a toda família da Marta e do mundo miss.

HENRIQUE FONTES, missólogo, diretor do CNB - Concurso Nacional de Beleza e do Miss Brasil Mundo

"Marta Rocha é a miss que sempre permanecerá no inconsciente coletivo nacional, uma mulher de um magnetismo e de uma beleza atemporal sem iguais. É parte importante não somente a história dos concursos de beleza, mas do Brasil. Uma curiosidade que me recordo é que, após sua participação no Miss Universo 1954, o dono do Miss Mundo na época, Eric Morley, chegou a convidá-la para ser a primeira brasileira a disputar o certame britânico. A princípio ela gostou da ideia, mas naquele momento ela já era uma mega estrela do Brasil e não precisava participar de um novo concurso para se auto afirmar - e nem tinha mais agenda para isso. O mais forte dela é que, se você perguntar para qualquer brasileiro se conhece alguma miss, ele não vai te dizer na hora o nome da miss atual ou da anterior, mas sim de Martha Rocha. Esse é seu legado! Um ícone que vai deixar saudade e seguir inspirando misses pelos quatro cantos do Brasil."

ROBERTO MACEDO, missólogo e diretor do novo Miss Brasil Universo

"Eu acredito que a contribuição maior de Martha Rocha foi mostrar que o Brasil é um país bonito, um país amado e que a gente deve acreditar no Brasil e em dias melhores. Quando Martha Rocha perdeu aquele Miss Universo, nós vivíamos o auge do nacionalismo, e ela perdeu injustamente e logo para uma norte-americana. O povo se revoltou. Naquele momento o Brasil tinha acabado de ser eliminado da Copa do Mundo, e tinha toda a crise do governo Getúlio Vargas, do atentado na rua Toneleros, e ninguém sabia o que ia acontecer no país. Getúlio a recebeu, antes dela embarcar para os Estados Unidos e disse uma coisa engraçada: que se tivesse que colocar Martha em um ministério, ia colocá-la na pasta de atração de capitais internacionais, pois não haveria nenhuma propaganda melhor para o brasil do que ela. Martha seguiu, grande favorita no Miss Universo, e ela ficou em segundo lugar. Além disso, enquanto estava nos EUA, Getúlio Vargas se suicidou. Então, naquele momento, o único motivo de orgulho para nós brasileiros era Martha Rocha. Ela virou a namorada do Brasil, sinônimo de tudo que era bonito, e tudo se chamava Martha Rocha. Então acho que a maior contribuição dela foi ter trazido esperança para o Brasil e ter se transformado nesse símbolo de dias melhores, de um Brasil grande."

PAULO FILHO, missólogo e diretor do site Hora da Miss
"É um momento triste para qualquer apaixonado pelo mundo miss. Marta Rocha não apenas marcou a sua geração, Marta Rocha marcou todas as gerações que vieram após ela. De beleza incomparável e carisma único, ela escreveu seu nome na história dos concursos de beleza. A paixão que trouxe ao Brasil dois títulos de Miss Universo, um título de Miss World e um título de Miss Beleza Internacional, começou com aquela vice-conquista, com aquele TOP2 que brilhou mais do que qualquer TOP1. Sua beleza transcendeu ao tempo, e sua história será contada e recontada através das gerações. Hoje ela se despediu nos deixando saudades, mas, será eterna na lembrança de todos os apaixonados pelo mundo miss."

MARCELO SOES, missólogo e ex-coordenador do Miss Brasil Universo
"Tenho certeza de que a Martha é uma referência para quem curte, gosta ou trabalha com concursos de beleza no Brasil. Muito mais do que conhecida como a baiana que perdeu o Miss Universo por duas polegadas, era uma mulher que causou um marco em toda uma época de liberdade, de exposição. Quem acompanha esses concursos não tem como não saber quem ela é, pois é uma das misses mais conhecidas no Brasil até hoje. Não só por ser a primeira, mas também pela história dela nesse concurso. Ela não ganhou, mas fez tanto sucesso como se tivesse ganho, e voltou ao país como vencedora. Todo mundo tem ela como uma das mulheres mais lindas do país, que marcou toda uma época. Eu, assim que comecei a trabalhar com concursos de beleza e acompanhar as disputas, logo se vinha essa história da Martha Rocha. Ela acabou se tornando uma lenda, um mito, e deixa um legado de quanto esses concursos foram importantes no país. Hoje, obviamente, os concursos não têm o mesmo prestígio que na época, mas ela segue como uma referência para muitas coisas. Imagino as meninas se preparando para os concursos em 1954, com poucos exemplos e, mesmo assim, Martha foi reverenciada por um país inteiro. Fica a sensação de que perdemos um de nossos ídolos, e pra sempre fica a lembrança de seu nome."

JOÃO RICARDO CAMILO DIAS, missólogo e curador do blog Miss Brazil On Board
"Martha Rocha é insuperável. Martha Rocha é um mito do concurso de Miss Brasil, é a que ficou no imaginário popular. Tudo é o que é graças a ela. Nem se ela tivesse vencido o concurso de Miss Universo ela teria se tornado o que se tornou no Brasil. Ela se tornou nome de torta, a famosa torta Martha Rocha, ela virou modelo de carro, que tinha uma estrutura de chassi mais largo, 'quadrilzudo'. Ela virou a eterna Miss Brasil. Com um rosto de uma beleza perfeita, um sorriso que até hoje é inigualável, nunca tivemos uma Miss Brasil com aquele sorriso, em épocas que não se usavam aparelhos ortodônticos ou outros recursos estéticos modernos. E os olhos com um azul turquesa que eram profundos e penetrantes. Isso é tudo que senti quando a conheci pela primeira vez, em 2004. Mesmo já bastante idosa, era impossível não reconhecer a beleza e a graça daquela mulher. Ainda que com uma beleza hollywoodyana, ela era baianíssima, e tinha uma baianidade e uma coisa da beleza nordestina que a deixava ainda mais bonita."

EVANDRO HAZZY, missólogo e ex-diretor técnico do Miss Brasil Universo
"Desencarnou um ícone do mundo miss, uma mulher que iniciou uma era de muito glamour. O Miss Brasil perdeu uma referência. Perdemos nós, ganhou o Universo que na época em 1954 lhe tirou a coroa por duas polegadas. Hoje ganhou uma DIVA da beleza... Vai na Luz, Martha."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem