Estilo

Considerada nova Gisele, Valentina Sampaio é a 1ª transexual a estar na Victoria's Secret

Modelo estrela campanha para linha Pink da marca

Valentina Sampaio durante desfile da grife A LA GARCONNE no MASP
Valentina Sampaio durante desfile da grife A LA GARCONNE no MASP - Eduardo Anizelli/Folhapress
São Paulo

Valentina Sampaio, 22, continua levando diversidade ao mundo da moda. A modelo brasileira é a primeira transexual a integrar um catálogo da marca de lingeries Victoria's Secret. O anúncio foi feito na conta do Instagram da top cearense, que publicou uma imagem no backstage da campanha para a linha Pink.

A publicação gerou muitos comentários positivos de seus seguidores,. Entre eles Fernando Torquatto, Mariana Goldfarb e Dado Dolabella. A modelo Lais Ribeiro, atualmente única angel brasileira da Victoria's Secret, também aprovou a notícia. Ela curtiu e reagiu à publicação na rede social. 

Considerada a nova Gisele Bündchen pela mídia estrangeira, Valentina Sampaio foi a primeira modelo transgênero a estampar a capa da Vogue Paris, uma das publicações mais importantes do mundo da moda.

O anúncio da campanha surge após Karlie Kloss revelar que se desligou da marca norte-americana para "ser uma feminista melhor", reascendendo o debate sobre diversidade na Victoria's Secret. O contrato de trabalho com a modelo foi interrompido em 2015. 

De acordo com site italiano Stile, a modelo passou a ser chamada de Valentina Sampaio quando tinha dez anos. Ainda disso, ela teve acompanhamento com psicólogas e, aos 15 anos, começou a se desenvolver naturalmente como uma menina graças aos hormônios que tomava. Ela começou a desfilar nas passarelas quando tinha 16 anos.

SHOW CANCELADO

Em uma entrevista ao jornal The Daily Telegraph, a angel Shanina Shaik revelou que o desfile Victoria's Secret Fashion Show deste ano está cancelado. A top lamentou a novidade e acrescentou que acredita que os produtores "estão tentando trabalhar na marca e em novos caminhos de fazer o desfile, porque é o melhor show do mundo".

Segundo reportagem da Reuters, a L Brands, empresa dona da marca de lingerie, quer transformar os negócios da grife. O evento acontece desde 1995 e é exibido na televisão desde 2001.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias