Diversão

Adriana Esteves atua ao lado do marido em novela e com o ex em filme nacional

Marco Ricca contracena com a atriz em 'Canastra Suja', sobre uma família cheia de conflitos

Cena do filme "Canastra Suja", com Adriana Esteves e Marco Ricca
Cena do filme "Canastra Suja", com Adriana Esteves e Marco Ricca - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Leonardo Volpato
São Paulo

Que toda família tem seus problemas, todo mundo já sabe. Mas o núcleo familiar de Maria (Adriana Esteves) e Batista (Marco Ricca) em “Canastra Suja”, filme de Caio Sóh que estreou na última quinta (21), extrapola. Os transtornos são diversos e ultrapassam o limite do sustentável, revelando uma teia de imoralidade e conflitos mal resolvidos dentro de casa.

No drama, Maria é casada com Batista e não aguenta mais o alcoolismo do marido. O casal tem três filhos: Emília (Bianca Bin), uma jovem que tem um namorado, mas fica com outro às escondidas; Pedro (Pedro Nercessian), garoto que se envolve em um universo secreto e que tem altas brigas com o pai; e Rita (Cacá Ottoni), que é autista.

As relações são cheias de gritos por todos os lados. Cada um tem algo a esconder, inclusive Maria. “Ela é uma mulher que sofre pressões diárias no cotidiano. A luta é conciliar sua vida familiar, bastante tumultuada pelo alcoolismo do marido, à especialidade de uma das filhas. Ela sofre com as questões financeiras e está à procura de seu lugar”, diz Adriana. “Ela tem força, necessidades, desejos. Vejo em Maria uma mulher muito guerreira em busca de uma vida."

Enquanto isso, o alcoolismo de Batista vai dando o tom dramático e causando ainda mais problemas na casa.

O longa é tão forte em seus diálogos e conflitos que promete chocar o público. Adriana faz questão de ressaltar as mensagens que a produção quer deixar. “Acho um filme lindo, forte e verdadeiro. Acho também que é um longa que fala de amor, do amor que subverte e salva”, finaliza a atriz.

Ex-marido

A atriz Adriana Esteves vive um momento bastante peculiar em seus trabalhos, tanto na TV quanto no cinema. Se na novela “Segundo Sol” (Globo) ela atua com o marido, Vladimir Brichta, com quem está há 12 anos, no filme “Canastra Suja”, Adriana contracena com o ex, Marco Ricca, com quem foi casada por dez anos (1994 a 2004). Os dois interpretam Maria e Batista, um casal conturbado no filme que estreia hoje.

“Trabalhar com o Marco Ricca é sempre grandioso. Não só pelo grande ator que ele é, mas pela oportunidade de estar durante um bom tempo ao lado de um cara que é um pensador. Marco engrandece tudo o que passa por suas mãos”, diz ela.

De acordo com Adriana, caso não fosse escalada para trabalhar com o atual e com o ex, ela pediria a chance. “Independentemente de serem meu ex-marido e meu marido, são dois grandessíssimos atores. Então, mesmo que eles não tivessem feito parte da minha vida pessoal, seriam pessoas com quem eu trabalharia. Pensamos a vida, o trabalho e a nossa arte de formas muito parecidas”, disse a atriz ao portal Gshow.
 

Agora
Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias