Tony Goes

Desmandos de Silvio Santos na programação são a maior atração do SBT

Criado às pressas, Notícias Impressionantes durou só um dia no ar

O apresentador Silvio Santos - Roberto Nemanis/SBT/Divulgação

A quarentena tem sido cruel com o SBT. Os índices de audiência da emissora desabaram, por causa do excesso de reprises e do baixo investimento em jornalismo. Mas há uma novela em andamento que garante a diversão, se não do telespectador, pelo menos dos comentaristas de TV, como eu. A trama está no ar há muitas temporadas e, assim como os repetecos do "Chaves", não tem hora para acabar: são os desmandos de Silvio Santos na grade de programação.

O já vasto folclore do canal ganhou um novo episódio nesta quarta (22), o Notícias Impressionantes, um programa que nasceu, viveu e morreu num mesmo e único dia. A empreitada começou às 11 horas, quando a produção do vespertino Triturando recebeu um telefonema avisando que a atração não seria exibida naquela tarde.

Em seu lugar, Silvio queria algo chamado Notícias Impressionantes, porque, segundo ele, é este tipo de informação que consegue os melhores números no Ibope. As apresentadoras Ana Paula Renault e Flor Fernandez tiraram o dia de folga. Gabriel Cartolano não apareceu no vídeo, mas fez algumas locuções. E sobrou para Chris Flores o comando do Notícias Impressionantes, tarefa, aliás, na qual ela se saiu muito bem.

Agora, imagine o desespero de uma equipe encarregada de parir, em apenas quatro horas, um programa que ninguém sabe bem o que é. Não deu outra: a pauta do Notícias Impressionantes teve que aproveitar muita coisa que já estava pronta para a edição do Triturando, como fofocas do showbiz, e vasculhar a internet em busca de conteúdo que pudesse ir ao ar sem implicar no pagamento de direitos autorais. Resultado: o vídeo em que um cachorro sai ileso depois de ser atropelado por um carro foi transmitido 12 vezes.

A estreia do Notícias Impressionantes alcançou 3,5 pontos de média e pico de 4,3 na Grande São Paulo (cada ponto do Kantar Ibope corresponde a 74.987 domicílios), mantendo o SBT no terceiro lugar no horário. Uma façanha e tanto para um programa que, algumas horas antes, nem sequer existia. Que não teve chamadas, campanha de lançamento ou mesmo um aviso ao público que sintonizou o SBT e esperava pelo Triturando.

Mas Silvio Santos não quis nem saber. Decepcionado com o desempenho do novo "noticiário" (põe aspas nisso), ele já o sacrificou. Nesta quinta (23), o Triturando está de volta ao ar, com os mesmos apresentadores e o mesmo formato, como se nada tivesse acontecido.

Contam-se às dezenas os programas do SBT que tiveram uma única edição. O dono do canal não gosta de dar tempo para uma atração passar por ajustes e encontrar sua própria personalidade. Prefere as mudanças bruscas de horário, geralmente no meio da semana, ou a extinção pura e simples.

Por outro lado, quando um produto cai nas graças do "patrão", ganha infinitas chances de vingar. É o que está acontecendo com o terrível Alarma TV, um pseudo telejornal que só traz notícias horripilantes e "frias" –o programa é gravado em espanhol nos Estados Unidos, e não traz o contexto nem mais informações sobre os absurdos que apresenta.

Silvio Santos deve ter gasto uma grana na aquisição do formato, pois o Alarma TV voltou mais uma vez à grade do SBT. Depois de fracassar nas manhãs, o programa agora é transmitido de madrugada. Mas só até o próximo rompante de SS.

Involuntariamente, os dramas nos bastidores acabam sendo muito mais interessantes do que qualquer reprise que a emissora vem pondo no ar. Já se disse que o SBT é uma espécie de museu vivo da TV brasileira. Também é uma usina de reciclagem de lixo, que ele mesmo produz e depois reaproveita, sem o menor prurido.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem