Ricardo Feltrin

TV paga já tem 60% do ibope da Globo

O ibope da TV por assinatura em São Paulo e no Brasil continua indo bem. Embora tenha dado um tropeçozinho em outubro, segundo dados obtidos pelo "F5", a audiência de todos os canais pagos (Só canais pagos, hein? Estão excluídos todos os abertos VHF e UHF) foi de 8 pontos de ibope, contra 13 pontos da líder Globo. Ou seja, pouco mais de 60%. E olhem que em setembro esse índice chegou a 68%!

DE QUALQUER FORMA...

...O ibope da TV paga, pelo menos em São Paulo, já é mais que o triplo da Band, quase 40% maior que o do SBT e dois pontos acima da audiência da Record. Cada ponto na Grande São Paulo equivale a 65 mil domicílios sintonizados.

NÚMEROS, NÚMEROS

Em termos de ibope, a TV aberta deu uma boa respirada no mês passado. Todas as emissoras tiveram ou crescimento ou oscilação positiva na audiência. O total de TVs ligadas também melhorou, passando de 41,7% em setembro para 43,7% em outubro.

TODO MUNDO GANHANDO

O mês marcou uma melhora da Globo, tanto das 7h à 0h (o chamado horário comercial) como no horário nobre. Na primeira faixa a Globo melhorou 10%. Na faixa nobre o avanço foi de 12%. O canal que mais subiu das 7h à 0h em outubro foi o SBT (12%). A Record subiu 6%.

GATONET INCLUSA

Os dados do Ibope, em tese, incluem também a chamada "gatonet" –as ligações de TVs piratas. Segundo a ABTA (Associação Brasileira de TVs por Assinatura), no Brasil a maioria das ligações clandestinas é da TV por satélite. A associação tem feito um trabalho exaustivo de combate à pirataria, inclusive com o uso de especialistas em software que procuram de todas as formas coibir essas ligações, mas a criatividade dos "piratas" parece ser muito eficiente também.

AINDA FALTA...

...Incluir nesses números o ibope da TV em dispositivos móveis, o que deve começar a ocorrer a partir de janeiro, tanto pelo Ibope como pelo novo instituto medidor, o alemão GfK. Com celulares e outros aparelhos móveis, isso o ibope das emissoras abertas deve melhor um pouco mais.

DEIXOU O SBT

Cesar Filho pode ser um dos novos apresentadores do "Hoje em Dia", da Record, a partir de 2015. Um dos dois atuais âncoras (Celso Zucatelli ou Edu Guedes) deverá perder o posto. O programa, aliás, deve sofrer uma reforma completa.

FALANDO EM SBT

Embora sua situação financeira seja estável, a crise do banco Pan Americano ainda repercute nas contas do Grupo Silvio Santos. Por isso, 2015 não deve ser novamente um ano de grandes compras, inovações ou investimentos. A ordem é trabalhar com o que se tem, da melhor forma possível.


PENÚRIA

Algumas denominações espíritas e de outras religiões andam sondando alguns canais para comprar horários, mas as igrejas evangélicas simplesmente monopolizaram os espaços, não deixando nem uma beirinha para mais ninguém. E as TVs pertencentes ou ligadas à Igreja Católica também não querem saber de ceder nem um minuto para outras denominações. Uma saída estudada por alguns religiosos é procurar a estatal TV Brasil.

CRIATIVO

Depois da venda de miniaturas de tijolinhos a fiéis interessados em colaborar com a Igreja Mundial, a denominação religiosa de Valdemiro Santiago agora está doando ou vendendo (se o fiel quiser pagar) minigalõezinhos de água. São iguaizinhos os galões de água que a gente vê em bebedouros, mas miniaturas, do tamanho de chaveiros. Podem falar o que quiser, mas são muito fofos! <3

TAMBÉM CRIATIVOS

Já que estamos falando em igrejas, vale lembrar que na década passada a Igreja Universal também teve uma ideia muito criativa –do ponto de vista de marketing. Mandou fabricar na China milhares e milhares de minirradinhos AM, a bateria, no formato de míni bíblias. O detalhe interessante é que todos os radinhos já vinham com os dials "quebrados". Ou seja, eles só sintonizavam uma única estação AM: a da Igreja Universal, claro.

MEMOREX

Este colunista meio "gagá" não lembra o motivo exato, mas os radinhos-bíblia acabaram retidos em algum porto (Santos?) sabe-se lá o motivo e nunca foram distribuídos aos fiéis.

HEEEEEIN?

Sobre o que estávamos falando mesmo?

OFERTA EXPLOSIVA

Bastou o mundo saber que Marcelo Tas vai sair do "CQC" (Band) agora no final de ano, para um mundaréu de assessores passar a "vender" a colunistas e jornalistas de TV que essa ou aquela celebridade está "cotadíssima" ou "sendo sondada" ou "cotada" para substituir o carequinha e ex-professor Tibúrcio. Vale dizer que não adianta a "assessoraiada" inventar supostos convites porque a Band está fazendo meticulosas pesquisas e sondagens para saber quem pode substitui-lo. O fato é que Tas tem uma tremenda personalidade na tela e não vai ser nada fácil colocar outro naquele lugar da bancada.

IBOPE EM QUEDA

Dos 3,1 pontos de média registrados em agosto, o "Tá na Tela", de Luiz Bacci (Band), caiu para 2,7 pontos de média em outubro. O chamado "share" também caiu, de 8,1% para 6,5% no mesmo período.

SOOOOOOOOOOOBE!

Renata Vasconcellos e Poliana Abritta

Dessa vez parece que a Globo acertou em cheio nas mudanças. Embora não possam ser consideradas novatinhas ou "focas" da imprensa, tanto a nova âncora do "Jornal Nacional" (Renata) como a nova apresentadora do "Fantástico" (Poliana) estão muito bem nos novos postos. Seguras, firmes, competentes. E, claro, estonteantes de tão bonitas. O telespectador (bem como o colunista gagá) nem lembra quem estava antes no lugar delas.


DEEEEEEEEEEESCE!

"The Real Housewives of Orange County", do Fox Life

Querem assistir a um espetáculo de futilidade e de gente vazia? A sugestão da coluna é o reality show "The Real Housewives of Orange County", exibido no Fox Life. Incrível que em pleno século 21 a imagem das mulheres (e donas de casa) seja tão estigmatizada com protagonistas tão fúteis, maldosas, ocas e completamente tontas. Mostram apenas o que há de pior no ser humano: inveja, ressentimento, maledicência, tramoias. Um serpentário do Instituto Butantã não tem tanta mortalidade. Deus do céu...

DEEEEEEEEEEESCE TAMBÉM!

"Meu Grande Casamento Cigano", do TLC

Outro reality show movido a víboras peçonhentas, que só faz estigmatizar o lendário e respeitável povo cigano. As protagonistas só sabem tramar, falar em brigar com as demais famílias, armar contra inimigas (e amigas)... Enfim, é outro show de futilidade e inutilidade para o telespectador que procura algum conteúdo decente. Pior é que, graças à atitude das mães, as pré-adolescentes do reality já reproduzem as mesmas maledicências e tretas umas contra as outras. Chega a dar realmente ânsia.

[an error occurred while processing this directive]
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias