Cabelo, Make & Mais

Penteados do Emmy 2018: Tendências de beleza para ficar de olho

Cabelo clean, preso decorado e mais ideias do tapete vermelho

Sarah Paulson - AFP

Foi o último grande tapete vermelho do ano. Mas isso não significa que o Emmy 2018 tenha sido morno no quesito belezas inspiradoras. Em relação aos cabelos, em especial, pude observar algumas tendências surgindo com força.

Separei aqui as quatro mais interessantes: bem diferentes entre si, atendem mulheres de todos os estilos, da “cool” àquela mais ousada e dada a experimentações. Confira os detalhes de cada uma delas e suas respectivas galerias de “looks”.

LISO E LIMPO

Fios com textura reinaram sob os holofotes nos últimos anos, mas parece que o cabelo “clean” – seja liso e chapado, seja finalizado com pomada ou gel, seja esticado e sem mecha alguma fora do lugar – está ameaçando voltar.

Mas, se a ideia é ir para a festa com um penteado minimalista, siga o exemplo das estrelas e complemente com uma maquiagem que apresente pelo menos um ponto de impacto, ou então com acessórios luxuosos e ornamentados. Assim, o visual não corre o risco de ficar simples demais.

PENTEADO DECORADO

Apesar de o minimalismo ter predominado, houve espaço para a fantasia: arranjos de flores apareceram em dois presos encantadores, o de Madeline Brewer e o de Evan Rachel Wood.
 
O detalhe interessante é que nenhuma delas optou por um figurino adocicado ou etéreo, o que seria mais óbvio. A ideia era justamente a oposta: trazer contraste e um toque de sonho para escolhas de moda de peso.
Evan Rachel Wood/Madeline Brewer
Evan Rachel Wood/Madeline Brewer - Jordan Strauss/Matt Winkelmeyer

ASSINATURA ÉTNICA

Está ficando mais comum manter a textura cacheada ou crespa em produções para o tapete vermelho. O movimento veio se acentuando ao longo das últimas premiações e explodiu neste Emmy: foram várias as afrodescendentes que mantiveram o movimento natural dos fios (ou os dreads, ou as tranças...) mesmo ao apostar em um preso. Resultado: exalaram glamour com muita personalidade.

MOVIMENTO LATERAL

Entre as estrelas que se mantiveram fiéis ao cabelo com textura bagunçada ou sequinha – que, apesar de não serem mais tendência, não perdem o poder de embelezar –, algumas decidiram atualizar o visual trocando a divisão ao meio pelo combinado risca lateral e topete. A produção tem um leve toque anos 1980, mas com menos excessos e muito mais elegância.

Cabelo, make & mais

Maria Cecília Prado (@mceciliaprado) é jornalista especializada em beleza, lifestyle e consumo. Foi editora nas revistas "Elle", "Claudia" e "Estilo" e escreveu o livro a "Beleza dos Signos". Atua como consultora, desenvolve conteúdos customizados e coordena o site "Beauty Editor", referência em tendências, notícias de beleza e reviews de produtos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias