Aventura na cozinha

Batata gratinada é acompanhamento curinga com ar de sofisticação; aprenda

Receita pode ser feita com queijo mussarela, gruyère ou emmental

Batata cremosa gratinada com queijo

Batata cremosa gratinada com queijo Juliana Ventura/Folhapress

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha!

O brasileiro ama um prato gratinado, já dizia um dos meus professores na escola de gastronomia. Tal qual doces com creme de avelã e leite em pó, pratos com queijo borbulhante sobre ingredientes que variam de pão a camarão estão invariavelmente entre os preferidos do comensal nacional.

Apesar de achar que o queijo derretido poderia ser usado com um pouco mais de cuidado, entendo o apelo da cremosidade, do sabor e do puxa-puxa. A receita de hoje une tudo isso e, ainda por cima, tem cara de prato rico.

O gratin (pronuncia-se "gratan" para um toque afrancesado) de batata de hoje é inspirado nas "pommes dauphinoise", em que batatas fatiadas são cozidas em leite ou creme. Aqui, os tubérculos são pré-cozidos e terminam de amolecer no forno, embebidos em molho bechamel bem fluido e sob uma camada generosa de queijo. Além de bonito, o acompanhamento embeleza carnes, aves e peixes. É democrático, diferente e muito saboroso.

Usei ingredientes muito fáceis. A mussarela que cobre as batatas é simples de encontrar. Mas nada impede que o cozinheiro aventureiro use gruyère, emmental ou qualquer outro queijo que tenha bom derretimento em forno. O parmesão apesar de ser delicioso e poder ser usado em conjunto com outro queijo, sozinho, vai dar apenas crocancia e não adicionar o fator puxa-puxa.

A receita tem duas pegadinhas. Uma delas é o molho, que deve ser feito com um batedor de arame para evitar grumos. A segunda é que as batatas devem ser fatiadas em rodelas finas. Eu usei uma faca afiada, porém, um mandolim pode ser de grande ajuda nesta hora: ele corta em espessura igual e bem rapidamente. O único cuidado é proteger os dedos para não se machucar.

Fique em casa se possível e vamos para a cozinha? Até a próxima!


GRATIN DE BATATA

Dificuldade: Médio
Rendimento: 6 pessoas

Ingredientes
6 batatas médias
25 g de manteiga sem sal
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
500 ml de leite integral
250 g de queijo muçarela ralado
Sal e pimenta-do-reino a gosto
¼ colher (café) de noz-moscada

Modo de fazer

  1. Descasque as batatas e fatie em rodelas finas.

  2. Cozinhe em água fervente por cerca de cinco minutos até que amoleçam levemente. Escorra e reserve.

  3. Em uma panela, derreta a manteiga e adicione a farinha. Sem parar de mexer com um batedor de arame, coloque o leite.

  4. Mexa bem até engrossar. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada.

  5. Em um refratário, monte camadas. Comece com molho, depois fatias de batata e assim sucessivamente até terminar.

  6. Finalize com a muçarela ralada e leve ao forno médio pré-aquecido até dourar.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 36, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem