Cinema e Séries

Cocriadores de 'Game of Thrones' desistem de produzir a próxima trilogia 'Star Wars'

David Benioff e D.B. Weiss querem se dedicar a projetos da Netflix

David Benioff e D.B. Weiss
David Benioff e D.B. Weiss - Caitlin Ochs/Reuters
Nova York

Os cocriadores da série "Game of Thrones", David Benioff e D.B. Weiss, desistiram de produzir uma trilogia da saga "Star Wars" originalmente prevista para 2022. Um revés para a Disney que está prestes a estrear a sua plataforma de streaming.

O motivo da desistência é que a dupla prefere se concentrar em seu atual contrato com a Netflix. "O número de horas em um dia é limitado e achamos que não podíamos fazer justiça aos nossos projetos para 'Star Wars' e Netflix ao mesmo tempo. Dessa forma, infelizmente, temos que desistir", escreveram Benioff e Weiss em uma mensagem enviada na noite de segunda-feira (28) para vários meios de comunicação americanos. 

A nova trilogia seria diferente da das aventuras do herói Luke Skywalker e da dinastia Jedi, que dominou os nove primeiros capítulos da saga. O nono filme, "A Ascensão de Skywalker", será lançado em meados de dezembro nas salas de cinema de todo o mundo.

Benioff e D.B. Weiss fecharam um acordo com a Netflix em agosto passado, quase 18 meses depois de ter sido divulgado que eles já tinham assinado com a Disney. Segundo várias mídias americanas, o compromisso da dupla com a Netflix abrange cinco anos e um total de US$ 250 milhões (quase R$ 1 bilhão). 

Em vista de uma guerra no setor de streaming anunciada como implacável com o lançamento de quatro novas plataformas nos próximos meses, a Netflix já gastou grandes quantias para recrutar os serviços de nomes importantes na produção televisiva. 

Além de Benioff e Weiss, a Netflix fechou um contrato de US$ 300 milhões (R$ 1,1 bilhão) por cinco anos com Ryan Murphy ("Glee", "Pose" e "The People vs. O.J. Simpson"), além de outro no valor de US$ 150 milhões (cerca de R$ 600 milhões) por quatro anos com Shonda Rhimes ("Grey's Anatomy", "Scandal", "How to Get Away With Murder"). 

Também assinou um contrato com o casal Barack Obama por um valor indefinido, mas provavelmente substancial.

A franquia de "Star Wars" é a galinha dos ovos de ouro da Disney. Os quatro filmes lançadas pelo grupo desde a compra da Lucasfilm em 2012 arrecadaram quase US$ 5 bilhões (mais de R$ 19 milhões) nas bilheterias globais. 

Após o relativo fracasso de "Solo: Uma História Star Wars" em 2018, o diretor executivo da Walt Disney Company, Bob Iger, anunciou que queria reduzir o ritmo de lançamentos de filmes com o título da saga criada por George Lucas.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem