Cinema e Séries

Netflix compra direitos de transmissão da série 'Seinfeld', após perder 'Friends' e 'The Office'

Plataformas expandem catálogos com aumento da concorrência

Cena do episódio "The Alternate Side", da série Seinfeld
Cena do episódio "The Alternate Side", da série Seinfeld - Reprodução
Nova York

A gigante do streaming Netflix anunciou nesta segunda-feira (16) que adquiriu os direitos de transmissão da série americana "Seinfeld" a partir de 2021, mais um passo na batalha das plataformas para expandir seus catálogos ante o aumento da concorrência. 

A Netflix perderá "Friends" no fim deste ano e "The Office" em 2021, as duas séries mais vistas em sua plataforma. Já os direitos de transmissão digital de "Seinfeld" estão desde 2015 nas mãos de outra plataforma, Hulu, subsidiária dos estúdios Disney.

O valor da transação não foi divulgado. Mas se sabe por exemplo que o grupo NBC/Universal desembolsou 500 milhões de dólares para transmitir "The Office" durante cinco anos e a Warner Media USD 425 milhões para explorar "Friends", também durante cinco anos. 

As séries antigas se tornaram ativos importantes ante a perspectiva do lançamento, em novembro, de ofertas de vídeo por assinatura da Apple e da Disney, e da Warner Media e da NBC/Universal em 2020. 

Sony, que é o proprietário original dos direitos de "Seinfeld", nunca conseguiu fazer sua própria plataforma, PlayStation Vue, decolar, e portanto não tinha interesse em recuperar a exclusividade da série. 

Além de "Friends" e "The Office", a Netflix também perderá todos os catálogos de "Star Wars", da Pixar e da Marvel, dos quais transmitiu uma parte até agora e que pertencem formalmente à Disney.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem