Cinema e Séries

Após controvérsia sobre Oscar, Kevin Hart se destaca em filme no topo das bilheterias dos EUA

Comediante negou notícias de que apresentaria a premiação

Ator Kevin Hart
Ator Kevin Hart - AFP

Ele não vai mesmo apresentar o Oscar, mas tem um filme no topo do ranking de bilheterias para celebrar. 

Apenas alguns dias depois de negar notícias de que apresentaria o Oscar, o ator e comediante Kevin Hart volta ao topo do ranking de bilheteria do Estados Unidos com "The Upside", do estúdio STX, uma comédia dramática em que ele interpreta um ex-presidiário negro que se torna cuidador e amigo de um rico branco paraplégico, interpretado por Bryan Cranston.

Apesar de uma recepção nada entusiástica da crítica (o filme só tem 40% de opiniões positivas no site Rotten Tomatoes), "The Upside" excedeu as expectativas da maioria dos analistas e vendeu US$ 19,6 milhões em ingressos em seu final de semana de estreia.

O desempenho do filme é especialmente notável se levarmos em conta a controvérsia que cercava Hart durante sua campanha de promoção do novo trabalho.

Em dezembro, pouco depois de Hart ser anunciado com o apresentador do Oscar, tuites e comentários que ele fez no passado e foram considerados homofóbicos ressurgiram, e ele desistiu do trabalho.

Desde então, suas entrevistas para promover "the Upside" vêm envolvendo discussões sobre a controvérsia. Mas as audiências não parecem querer punir Hart. Compraram ingressos em número suficiente para que "The Upside" derrotasse o megassucesso "Aquaman" e chegasse ao primeiro lugar do ranking de bilheteria.

Não que o estúdio Warner Bros., responsável por "Aquaman", tenha muito a reclamar. O filme de super-herói estrelado por Jason Momoa faturou US$ 17,3 milhões no final de semana, nos Estados Unidos, e mais US$ 27,9 milhões no exterior, o que elevou sua bilheteria mundial cumulativa a US$ 1,02 bilhão, de acordo com o estúdio.

"Aquaman" liderou o ranking de bilheteria dos Estados Unidos por três semanas consecutivas, e seus fortes resultados internacionais cimentaram Momoa - vindo da série "Game of Thrones" - como astro muito lucrativo.

"A Dog's Way Home", da Sony, foi a única outra estreia no top 10 de bilheteria, chegando ao terceiro lugar, com US$ 11,3 milhões, em seu final de semana de abertura, de acordo com a Comscore, que compila dados de bilheteria.

O filme para famílias, dirigido por Charles Martin Smith, é estrelado por um cachorro real que faz uma jornada difícil ao lado de um puma criado por computação gráfica.

The New York Times

Tradução de Paulo Migliacci

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias