Carnaval
Descrição de chapéu Alalaô

Darlin Ferrattry, mãe de Lexa, pode ser rainha de bateria da Império Serrano, diz colunista

Negociações já estão avançadas para o Carnaval 2021

Darlin Ferrattry
Darlin Ferrattry - Instagram/@unidosdebanguoficial
São Paulo

Darlin Ferrattry, 40, pode assumir um novo posto no Carnaval 2021 do Rio de Janeiro. Ela, que substituíu a filha, a cantora Lexa, 24, como rainha de bateria na Unidos de Bangu este ano, está em negociação com a escola de samaba carioca Império Serrano.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (2) pela colunista Fábia Oliveira do jornal O Dia. Segundo a publicação, as negociações já estão avançadas e tudo indica que Darlin Ferrattry irá estrear como rainha da Império Serrano, posto que no momento é ocupado por Quitéria Chagas.

A estreia de Darlin Ferrattry na Sapucaí aconteceu neste ano como rainha de bateria da Unidos de Bangu pela Série A. Apesar de já ter desfilado antes, ela estava afastada dos desfiles de escolas de samba havia mais de dez anos. “Acabei aceitando porque a Lexa me encorajou”, contou ao F5 no início do ano. “Por ela criei coragem.”

Lexa deixou o posto na Unidos de Bangu para desfilar pela Unidos da Tijuca, agremiação da zona norte carioca, no Carnaval 2020. Nas redes sociais, Ferrattry afirmou que o amor da filha pelas escolas de samba e carnaval é muito antigo. "Ainda pequena, às vezes ela ficava de madrugada vendo as escolas de samba, me perguntava se eu ia aparecer", lembrou a empresária.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem