Celebridades

Lexa é a rainha da bateria da Unidos da Tijuca e mãe comemora: 'Nunca recebeu tanto amor'

Darlin Ferrattry assumirá posto antes ocupado pela filha na Unidos de Bangu

Lexa com a mãe Darlin Ferrattry - Instagram/unidosdebanguoficial
São Paulo

Lexa, 24, assume neste domingo (13) o posto de rainha da bateria da Unidos da Tijuca, agremiação da zona norte carioca, para o Carnaval 2020. Esta é a primeira vez que a cantora usa a coroa de uma escola do grupo especial.

A mãe da funkeira, Darlin Ferrattry, 39, revelou nas redes sociais que o amor da filha pelas escolas de samba e carnaval é muito antigo. "Ainda pequena, às vezes ela ficava de madrugada vendo as escolas de samba, me perguntava se eu ia aparecer", lembra Ferrattry, que foi rainha da bateria da Unidos de Bangu.

"Eu achava tão linda, tão apaixonada pelo Carnaval. E hoje, claro que teve uma caminhada na Sapucaí, para chegar com propriedade, finalmente chega como rainha de bateria da Unidos da Tijuca", comemora.

Envolvida com o carnaval desde muito nova, Lexa também ocupou o cargo durante dois anos na Unidos de Bangu, do grupo de acesso. Agora, chegou a vez de a funkeira alçar novos vôos e ela deixou o posto na antiga escola para a mãe, que retornará à agremiação. 

A mãe da cantora se diz emocionada num dia que é tão especial para a filha: "Ela nunca recebeu tanto amor quanto na Unidos da Tijuca", disse. 

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem