Carnaval

Aline Oliveira sai à frente da bateria da Mocidade Alegre pelo 9º ano seguido: 'É sempre emocionante'

Para fazer bonito no Carnaval, a musa tenta manter a mesma dieta, sem altos e baixos

Aline Oliveira é rainha de bateria da Mocidade Alegre

Aline Oliveira é rainha de bateria da Mocidade Alegre Instagram/alineoliveira_rai

São Paulo

Rainha de Bateria da Mocidade Alegre pelo nono ano consecutivo, Aline de Oliveira estreou no universo carnavalesco aos 12 anos. Só na agremiação que ocupa um dos 14 honrosos lugares do Grupo Especial de São Paulo, ela já tem 17 anos, e nunca desfilou por outra escola.

“Já passei por vários setores na Mocidade: uma ala de teatro, fazendo encenação nos carros alegóricos, já fui destaque da comissão de frente, ritmista da bateria e destaque na frente dos carros”, conta.

Formada em educação física, Aline tem seu preparo físico diretamente relacionado ao trabalho, como instrutora de pilates, atividade que só conspira a favor de postura e definição da musculatura. Também pratica musculação três vezes por semana, mas, quando o trabalho ou outra questão impede que essa meta seja cumprida, tudo bem, “não fico maluca”. Nada de neuroses.

“Sou educadora física por formação, então, acabo trabalhando com meu físico em movimento o dia todo, é que me ajuda bastante", diz.

Aline também dispensa alimentação específica para cruzar o sambódromo. Em casa, explica, todos aderiram a um programa de reeducação alimentar que funciona muito bem desde que a participação seja da família completa.

“Fica mais fácil comer bem quando todos estão comendo bem.” Dessa forma, não tem essa de recorrer a milagres de última hora para fazer bonito na avenida. A estabilidade na alimentação acaba ganhando assim um caráter mais saudável, considerando que o corpo segue seu ritmo normal, sem altos e baixos.

A bateria Ritmo Puro continua sob o comando do mestre Sombra, tendo como samba-enredo da vez a “Morada do Samba”, na voz de Igor Sorriso. Neste ano, a Mocidade será a quarta escola a desfilar no sábado (22).

“Espero que a gente tenha um Carnaval extremamente positivo, extremamente próspero”, torce Aline. “Sei que todas as escolas também vão apresentar e representar coisas maravilhosas, a gente sabe que um ganha e outros perdem, mas a expectativa é bem positiva, é sempre emocionante.”

Passada a folia, Aline segue no ritmo do Pilates, apaixonada que é pelo que faz, se possível com lazer reservado à família e a viagens, de preferência unindo as duas coisas. Além das aulas, ela trabalha também como bailarina, formada que é em balé, e faz diversas ações na área de entretenimento. Tomara que ela se divirta como diverte a plateia.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem