Carnaval

'Como fazer saia de tule' é a maior dúvida de internautas; veja tutoriais e aprenda passo a passo

Dados do Google apontam quem brasileiros também querem saber como fazer roupa de sereia

Carnaval 2019: Saias de tule e maiôs em tons neon no comércio de rua da região da 25 de Março, em São Paulo
Carnaval 2019: Saias de tule e maiôs em tons neon no comércio de rua da região da 25 de Março, em São Paulo - Sarah Resende/Folhapress
São Paulo

Às vésperas do Carnaval de 2019, um item típico da folia voltou a despertar interesse de foliões e folionas que buscam por inspirações e tendências no mundo virtual: a saia de tule, também chamada de saia de tutu. 

Segundo dados disponibilizados pelo Google ao F5 nesta quinta-feira (21), a dúvida "como fazer saia de tule" foi a mais buscada no âmbito de assuntos relacionados ao Carnaval nos últimos sete dias. 

Barata, prática e fácil de fazer (e também de encontrar para comprar), a saia de tule é versátil e cai bem em diversas composições de figurinos de Carnaval, mesmo que não sejam inspirados em fantasias específicas.

Na internet ou em lojas físicas, o metro do tule pode ser encontrado a partir de R$ 4,90. Na região da 25 de Março, importante centro comercial de São Paulo, saias de tule prontas são vendidas por preços a partir de R$ 10,00. 

Quem quiser arriscar a fazer a peça em casa pode se inspirar em tutoriais disponíveis no YouTube.

Na maioria das vezes não é necessário nem costurar usando linha e agulha: basta apenas amarrar tiras do tule (cortadas no tamanho que a foliona quiser) dando pequenos nozinhos em um estático. Intercalar cores deixa a peça mais exclusiva. Também é possível complementar o adereço com brilhos, lantejoulas e o que mais a criatividade permitir. 

Combinar a saia de tule também é fácil. Em alta, bodies e maios são opções frescas e confortáveis para compor o figurino festivo. Mas também é possível usar a peça com tops, blusas ou até mesmo biquínis. Quem se sentir desconfortável com a transparência do tule pode usar um shorts por baixo. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias