Carnaval

Mangueira apresenta primeira musa transexual da escola

No desfile, Patrícia Souza vai representar uma índia

Carnaval 2019: Patricia Souza, primeira musa transexual da Mangueira
Carnaval 2019: Patricia Souza, primeira musa transexual da Mangueira - Reprodução Instagram/patricia_souzoficial
São Paulo

A Mangueira, escola de samba do Rio de Janeiro, apresentou sua primeira musa transexual da história, neste sábado (19). A escolhida, Patrícia Souza, 25, é natural de São Cristóvão, na zona oeste da cidade, mas mora em Londres há três anos. 

Anunciada durante ensaio na quadra da escola, Patricia comemorou com agradecimentos na rede social Instagram. "Obrigada, Mangueira, por tanto carinho e respeito. Que nossa trajetória siga iluminada e que tenhamos um Carnaval campeão", escreveu a musa na legenda de uma das fotos. 

No evento, Patrícia usou dois figurinos. O primeiro vestido foi feito com tule transparente e brilhos nas cores da escola, verde e rosa. O segundo look, escolhido para receber a faixa de musa, também tinha detalhes em tule transparente além de franjas e brilho dourado.  

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias