Carnaval

Após polêmica com travesti, Nego do Borel é vaiado em estreia de bloco de Anitta

Em defesa do amigo, cantora disse que 'está aqui para ensiná-lo'

Nego do Borel é vaiado em show estreia de bloco de Anitta
Nego do Borel é vaiado em show estreia de bloco de Anitta - Reprodução Instagram
São Paulo

O cantor Nego do Borel, 26, foi vaiado na estreia do Bloco das Poderosas, comandado pela cantora Anitta, 25, neste domingo (20), no Rio de Janeiro. 

Convidado para subir ao palco e cantar "Você Partiu Meu Coração", hit feito em parceria com a amiga, o artista foi recebido com vaias e gritos de "fora". Recentemente, Nego do Borel foi acusado de transfobia ao comentar um elogio feito pela travesti Luísa Marilac.

Com a repercussão negativa da apresentação, Anitta saiu em defesa do amigo ao vivo. "Eu jamais vou virar as costas para um amigo meu. O que eu posso fazer como amiga é instruir as pessoas das coisas que elas não sabem. [...] Não significa que eu concorde com coisas que ele pensa e faz, mas significa que eu o amo independente disso e eu estou aqui para ensinar ele (sic) as coisas", disse Anitta.

O F5 entrou em contato com a assessoria do cantor, que afirmou que ele não vai falar sobre o ocorrido. 

No começo do mês, Nego do Borel recebeu críticas após responder um comentário, em uma rede social, da travesti Luísa Marilac. Na ocasião, ela elogiou o cantor, que respondeu chamando a travesti de "homem gato". 

Um dia após o ocorrido, Nego do Borel gravou um vídeo se desculpando. "Às vezes eu faço umas brincadeiras sem noção e que acabam machucando as pessoas, mas não é o que eu quero. Tô fazendo de tudo pra aprender e melhorar mais todo dia", disse o artista na época.

 

AMIZADE COM ANITTA 

Nesta segunda (21), Anitta falou sobre a participação de Nego do Borel no show. A cantora também foi alvo de críticas por ter recebido o cantor no palco. 

"Eu não convidei o Nego como participação do bloco porque eu acho que algumas coisas que ele tem tomado na carreira não condiz, não tem a ver com a minha carreira. Isso eu já conversei com ele, é um assunto de amigos. Inclusive ele me chamou para o DVD dele. Nós tivemos uma longa conversa sobre isso  porque eu expliquei que as coisas que ele está fazendo não têm a ver com quem eu sou e ele não tem me escutado ultimamente", disse a cantora em uma longa série de vídeos publicados no Stories do Instagram —ferramenta em que as publicações desaparecem após 24 horas. 

"Já falei para ele muitas vezes que não se faz piada com gênero, cor de pele. Não se faz, não é humano. Parecem inofensivas as piadas, mas muita gente passou por muita coisa que façam que doam real. Mas ele toma atitudes muito loucas, sem noção, que já tentei alertar e não adiantou. Foi isso que expliquei. Jamais vou virar as costas para ele, ele sempre será bem-vindo como meu amigo no meu evento, show, mas o que aconteceu comigo como pessoa foi que me cansei de ficar avisando tantas coisas, como o beijo do clipe dele e outras atitudes que ele não estava me escutando. Sempre fui esse tipo de pessoa, ligo, converso. Não acho que sou dona da verdade, mas no meu papel de amiga, toda vez que acho que posso ajudar eu faço o papel que acho que tenho que fazer", completou. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias