Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Rodrigo Mussi fala de 'segunda chance' em vídeo: 'Retribuir de maneira maior e melhor'

Ex-BBB aparece em vídeo pela 1ª vez após o grave acidente que o deixou internado

Rodrigo Mussi - Instagram/rodrigo.mussi
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O ex-BBB Rodrigo Mussi, 36, apareceu em um vídeo pela primeira vez após o acidente de carro, que o deixou internado em estado grave em São Paulo. Ele gravou uma entrevista para o Fantástico (Globo), que irá ao ar no próximo domingo (29).

"Estou de volta. Quero agradecer demais o carinho, o amor e as orações de vocês. Milagres existem muito por conta das orações de vocês. Estou feliz. É uma segunda chance e espero retribuir ao mundo de uma maneira ainda maior e muito melhor", diz ele no registro compartilhado no perfil do programa dominical.

A primeira imagem do ex-BBB após o acidente foi compartilhada também pelo Fantástico, nesta quinta-feira (26). Ele aparece sentado em um sofá dando uma entrevista ao repórter Maurício Ferraz, em que temas como recuperação, rotina, carreira e planos serão abordados.

No dia 15 de maio, Mussi já havia compartilhado nas redes sociais uma foto de um caderno com uma mensagem em primeira pessoa. Na imagem, também aparece o braço do ex-BBB. Ele recebeu alta hospitalar no dia 28 de abril.

O ex-BBB sofreu um acidente de carro quando voltava do estádio do Morumbi após assistir a um jogo entre São Paulo e Palmeiras ao lado do amigo e também ex-BBB Gui Napolitano. O incidente ocorreu no dia 31 de março.

Ele estava no banco de trás do passageiro de um carro de aplicativo sem cinto de segurança e foi arremessado à parte da frente do carro após uma batida. Mussi sofreu traumatismo craniano, além de outras fraturas pelo corpo. Ele passou por cirurgia na cabeça e em uma das pernas.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem