Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Princesa Charlotte é proibida de ter melhor amigo ou amiga na escola

Instituição de ensino criou regra para que todos sejam inclusos

Princesa Charlotte Elizabeth Diana de Cambridge filha do Principe Willian e Kate - Instagram/kensingtonroyal
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

A princesa Charlotte, 6, filha do príncipe William, 39, e da duquesa Kate Middleton, 39, foi proibida de ter um melhor amigo ou amiga na escola. Segundo o jornal Daily Star, a determinação partiu dos próprios responsáveis da Thomas’s School Battersea.

Os diretores da escola impedem que a princesa e todos os seus alunos tenham melhores amigos, com o objetivo de fazer com que todos interajam entre si, sem exclusões. O jornal britânico explica que a proibição busca fazer com que todos os alunos se sintam inclusos.

"Há a política de só permitir convites para festas de aniversário se todos da sala forem convidados", explicou uma fonte ao tabloide. "Há avisos por todos os lados no colégio pedindo que as crianças sejam gentis umas com as outras. Eles não encorajam que ninguém tenha um único melhor amigo."

O site da instituição afirma que o objetivo da escola é preparar os alunos para terem espírito de liderança, se destacarem na multidão e estarem prontos a ajudar quem precisa, sempre defendendo o que acreditam ser certo, mesmo que seja uma opinião "impopular".

O príncipe William e Kate Middleton gastam cerca de 18 mil libras, o equivalente a R$ 138 mil, por ano para que Charlotte estude na Thomas’s School Batersea. O príncipe George, 8, também estuda na mesma escola e a expectativa é que o príncipe Louis, 3, também passe a frequentar a instituição de ensino quando completar quatro anos em abril.

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

O príncipe William e a duquesa Kate Middleton pagam 18 mil libras por ano, e não por mês, para sua filha, a princesa Charlotte, estudar na Thomas’s School Battersea.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem