Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Whindersson Nunes explica pausa na carreira em 2022: 'Me conectar de volta'

Artista pretende sair em turnê até o meio do próximo ano

Whindersson Nunes - Instagram/winderson.nunes_
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O humorista Whindersson Nunes, 26, foi ao Instagram na madrugada desta terça-feira (21) para explicar o motivo de ter decidido se afastar dos palcos no segundo semestre de 2022, após sair em turnê antes da pausa na carreira.

"A partir do meio do ano que vem, penso em nem estar por aqui. [Quero] viver uma adolescência com responsabilidade, porque eu meio que não tive adolescência. Fui criança até os 20 e depois dali estou trabalhando desde sempre. Só fiz isso até hoje. Agora estou querendo me conectar de volta", começou.

"Eu não parei ainda. Vou fazer um último show", explicou. "E quando falo isso, quero dizer um último produto de show, mas eu ainda preciso fazer algumas apresentações para chegar nesse show e entregá-lo". Ele conta que a turnê passará pela Europa, Estados Unidos, Ásia e Brasil, com o espetáculo "Isso Não É Um Culto".

Whindersson fez os Stories após ter compartilhado uma foto na noite deste domingo (19), falando sobre seu último show de 2021, realizado no Rio de Janeiro. Em um longo texto publicado na legenda, ele afirmou que o próximo show seria uma despedida, "não para sempre porque isso não existe".

O humorista afirma que apesar de não se incomodar com a fama, ela o "afetou em outros níveis". "Acho que ainda não sei lidar, preciso assimilar, e entender o que fazer com isso", completa. "Decidir dar uma sumida parece que coloca tudo ao meu controle de novo, me dá um novo futuro, me dá muitas ideias, e eu vou voltar 10 vezes mais forte, aí sim, o planeta vai ter que engolir!", diz ele.

Recentemente, Whindersson revelou a luta contra as drogas no capítulo final de sua biografia "Vivendo Como Um Guerreiro", escrita por Gabriel Chalita e lançada pela Editora Serena. Ele disse que se afundou nas drogas após o fim do casamento com a cantora Luísa Sonza, 23, em abril de 2020.

"Quando acabou com a Luísa, eu também tive o meu penhasco [alusão à música de mesmo nome que Luísa gravou]. A minha forma de lidar com essas situações é muito minha. Eu falo com o silêncio. Eu falo com o recolhimento. E, às vezes, falo errado. Reconheço que errei. Que as drogas foram me destruindo."

Mas Nunes reforça que Luísa não tem culpa dele se afundar nas drogas, porque já era usuário antes mesmo de conhecê-la, em 2017. "Quando a vi, pela primeira vez, eu a vi no efeito da droga. Eu a vi meio que brilhando. Foi o começo de uma viagem."

O isolamento social devido a pandemia de Covid, que coincidiu com o fim do casamento, foi outro fator apontado pelo artista como derradeiro para se afundar nas drogas. Ele disse que ficar sozinho e sem poder sair de casa fez com que se drogasse sem intervalos.

"Eram drogas e mais drogas tentando estancar sei lá o quê. Um mês. Um mês, e eu tenho a certeza de que não foi a Luísa a culpada. E não foi por ela que eu me lancei nesse abismo. Foi por mim. Foi por um buraco dentro de mim. Foi pela ausência das certezas da minha vida", afirmou.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas