Celebridades
Descrição de chapéu câncer

Mark Hoppus, do Blink-182, diz que tornou seu câncer público por acidente

Em entrevista, baixista disse tornou o assunto público por um erro seu

Mark Hoppus participa do da festa GQ "Homem do Ano"
Mark Hoppus participa do da festa GQ "Homem do Ano" - Photo by Michael Tran/18.nov.2021/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O músico Mark Hoppus, 49, do Blink-182, disse que o anúncio inicial sobre estar com câncer foi feito por engano, e não de maneira intencional. Hoje curado do câncer, o baixista do grupo explicou que a postagem feita em seu Instagram onde sua condição de saúde veio à tona foi um erro.

Na imagem postada em junho, uma foto sua aparecia com a legenda "Olá, um tratamento para câncer, por favor". A foto deveria ter sido publicada apenas para os amigos próximos do músico, recurso existente na rede social.

Entretanto, por engano, seus mais de um milhão de seguidores acabaram vendo a imagem. A revelação foi feita em entrevista à revista GQ.

Ele disse que, inicialmente, seu agente enviou uma mensagem perguntando se ele, realmente, queria fazer aquilo, ou seja, tornar público que estava com câncer. Então, várias estações de rádio e amigos começaram a ligar perguntando sobre sua saúde.

Embora tenha apagado a postagem rapidamente após perceber o que tinha feito, não era mais possível desmentir o ocorrido. Em comunicado publicado no Twitter tempo depois, ele afirmou que procuraava se manter positivo e esperançoso.

"Eu tenho câncer. É uma droga e estou assustado, mas ao mesmo tempo sou abençoado com médicos, família e amigos incríveis que me ajudam a passar por isso", escreveu à época.

Hoppus havia sido diagnosticado alguns meses antes de tornar sua doença pública com linfoma difuso de grandes células B em estágio 4. Essa é uma forma agressiva de câncer no sangue, que já havia acometido sua mãe antes.

No final de novembro, o baixista escreveu em seu Instagram que já estava curado da doença. "Tenho muito a agradecer hoje. Essa foto é de junho, na metade da quimio, sem ideia se estava dando certo ou não, relegada para o chão do banheiro, com náuseas. Se alguma vez eu reclamar de algo trivial ou sem importância, mostre-me esta foto para me lembrar de como as coisas podem ser ruins e como sou verdadeiramente abençoado. Espero que todos tenham um dia incrível com amigos e familiares. Feliz Dia de Ação de Graças", escreveu.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem