Celebridades

Ex-paquita Lana Rhodes relata dificuldades por ter atriz pornô homônima

Atriz deve estrear em breve na novela 'Nos Tempos do Imperador'

Ex-paquita Lana Rhodes vai estrar na novela "Nos Tempos do Imperador"
Ex-paquita Lana Rhodes vai estrar na novela "Nos Tempos do Imperador" - Gshow/ Divulgação/Fernanda Cândido
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Imagine entrar em suas redes sociais e perceber que você está sendo marcada em conteúdos “inapropriados”. Essa é a realidade da atriz Lana Rhodes, 34, que está prestes a estrear na novela “Nos Tempos do Imperador”, a única inédita no ar atualmente na Globo.

Rhodes, que começou a carreira ainda adolescente, como paquita da Xuxa, falou em entrevista ao Gshow sobre as dificuldades de ter uma atriz pornô homônima. Segundo ela, uma situação que não diminui sua felicidade, mas desgasta e já a fez pensar em mudar de nome.

“Eu queria ser Lana. Nem pensar em sobrenome. Mas ainda não sei se tenho visibilidade como artista o suficiente para ficar criando transformação nesse sentido. Hoje, estou mais preocupada em continuar vivendo com dignidade e sendo escalada para bons papéis”, afirmou.

O nome da atriz na verdade se diferencia do nome da atriz pornô americana Lana Rhoades apenas uma letra. A brasileira, no entanto, conta que isso dificulta as buscas por seu nome em pesquisas na Alexa [assistente de voz] ou mesmo no Google, além de lhe proporcionar situações engraçadas.

Ela conta que o sogro foi mostrar para a esposa a nova namorada do filho e acabou se deparando com um bumbum com coração tatuado na internet. Sua filha também recebeu provocações de colegas quando eles descobriram que sua mãe se chamava Lana Rhodes, conta.

A atriz, que já atuou em novelas como “Alta Estação” e “Os Mutantes”, ambas da Record, e da minissérie “Se eu Fechar os Olhos Agora”, da Globo, vai estrear agora em “Nos Tempos do Imperador” como Elisa Lynch, companheira do ditador paraguaio Solano López (Roberto Birindelli).

“Apesar de, na trama, ela ser considerada uma vilã, porque vai contra Dom Pedro 2º e o Brasil, ela é uma mulher muito interessante, e meu parceiro maravilhoso, o Roberto, faz questão de exaltar a potência de Elisa na vida de Solano quando estamos em cena”, conta ela.

Paquintas no Canta Comigo, com Xuxa
As ex-Paquitas Andrea Veiga, Bárbara Borges, Dai Amêndola, Grazie Schmitt, Lana Rhodes e Andréa Sorvetão, com a drag queen Penelopy Jean vestida de Paquita, para o especial de Natal Canta Comigo, comandado por Xuxa na Record - Blad Meneghel/Divulgação
Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem