Celebridades

Atriz pornô lembra encontro ruim com astro da NBA; Kevin Durant é especulado

Lana Rhoades conta que jogador não falava uma palavra em encontro

A ex-atriz pornô Lana Rhoades - Instagram/lanarhoades
São Paulo

A ex-estrela pornô Lana Rhoades, 24, revelou em participação durante podcast detalhes de um encontro frustrante com um astro da NBA. Sem revelar nomes, disse que trata-se de um jogador do Brooklyn Nets. Fãs especulam ser Kevin Durant.

De acordo com ela, o encontro foi “ruim” e “decepcionante” sobretudo pelo fado da timidez do atleta e pela ousadia de possivelmente ter convidado uma outra mulher além dela para seu camarote.

Ela disse ter sido chamada para o camarote do jogador para ver uma partida, mas deu de cara com outra. “Essa não foi a primeira vez que isso aconteceu comigo, de o cara me convidar e também convidar outra mulher como uma ‘opção de reserva’”, contou.

Ela também caracterizou o jogador como alguém muito sério e que não falava muito. Ela chegou a ir embora antes de terminar o jantar com o jogador por não ter sintonia.

“Eu não quero ser má, mas ele não falava nada. Eu perguntava para ele sobre o que ele gostava e ele apenas dizia que não tinha opiniões sobre nada. Ele não foi interessante o suficiente para mim”, finalizou.

Em abril, a Lana revelou que tem lutado contra a depressão e pensamentos suicidas desde que deixou a indústria pornográfica. Ela, que fotografou conteúdo adulto durante oito meses, expôs seus dramas e traumas na mais recente edição de seu podcast, “3 Girls, 1 Kitchen”.

Lana falou sobre algumas das cenas “humilhantes” que filmou quando era adolescente. Segundo ela, essa pressão para filmar conteúdo extremo foi o que a levou a deixar a indústria pornográfica. Ela descreveu sua carreira anterior como uma “sentença de prisão perpétua” que constantemente paira sobre sua cabeça.

No vídeo, a ex-atriz pornô falou que sonhava em trabalhar no pornô desde os 12 anos quando assistia ao programa "Girls Next Door of Playboy" e pensava: "uau, a vida delas parece ser tão incrível". “Mas o perigo de a indústria do sexo ser glamourizada é que garotas como eu verão todos os aspectos positivos e não os negativos”, afirmou.

Lana teve uma infância turbulenta em Chicago e disse que, para fugir dos problemas que tinha dentro de casa, acabava se trancando no closet ou em seu quarto. “Assistia ao programa fantasiando quando eu tivesse 18 anos e fazendo aquilo", diz.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem