Celebridades
Descrição de chapéu instagram

Britney Spears diz que publicará menos devido a 'mentiras horríveis'

Artista citou Selena Gomez: 'O mundo pode ser desagradável'

Britney Spears - Instagram/britneyspears
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A cantora Britney Spears, 39, afirmou que irá publicar "um pouco menos [conteúdo] a partir de agora". Em seu Instagram, a artista disse que sente que a imprensa tem sido "muito desagradável" com ela em suas redes sociais.

A publicação feita nesta segunda-feira (9) mostrava um vídeo do escritor de culinária Jake Cohen, fazendo um lanche de abacate. A estrela do pop explicou na legenda que no início gostou de compartilhar sua vida em um lugar que ela se sentiu "completamente sem esperança por tanto tempo".

"Infelizmente, as notícias têm sido bem desagradáveis, dizendo mentiras horríveis e maldosas sobre mim, então vou postar um pouco menos a partir de agora!", continuou. A artista citou a música "Kill 'Em With Kindness" de Selena Gomez, 29.

"Como Selena Gomez diz, o mundo pode ser um lugar desagradável", escreveu. Gomez deixou um comentário na publicação, dizendo que Britney é "bem-vinda para cozinhar comigo a qualquer hora". Nas últimas semanas, a princesa do pop compartilhou vários registros em suas redes sociais.

Desde ganhar seu primeiro tablet até fotos sem camisa. O cantor Brian Littrell, da banda Backstreet Boys, disse ao TMZ que Britney deveria ser mais "cautelosa" com o que ela posta em meio à batalha pela tutela de seu pai.

"Ela tem que ter cuidado", disse ele. "Ela é mãe. Ela é uma mãe. Ela está em uma situação única", completou o cantor. Segundo o Page Six, a artista rebateu os comentários em outra publicação, também feita nesta segunda.

"Para muitos de vocês que dizem que eu devo ser cauteloso com o que publicar... quero dizer, se você realmente pensar nisso... Com o que passei, acredito que tem sido muito cauteloso! Um dia vou viver no limite! Um dia". A cantora acrescentou que o público só conhece metade da verdade de sua situação.

No final de julho, o ex-empresário da cantora, Sam Lufti, 46, divulgou antigas mensagens em áudio da artista que provam que ela está lutando pelo fim de sua tutela há mais de uma década. "Eles foram deixados no meu telefone", disse Lutfi ao Page Six.

O ex-confidente da artista afirmou que já havia vazado os áudios anteriormente, mas que ganharam visibilidade agora pelo movimento #FreeBritney. Ele disse que administrou a estrela do pop entre os anos de 2007 e 2008.

Anteriormente, Lutfi foi culpado pela família de Britney pelo seu colapso em 2007. Agora, ele publicou as mensagens em quatro publicações feitas em seu Instagram. O primeiro vídeo mostra uma foto da estrela do pop segurando seu filho, Sean Preston. No áudio a cantora é ouvida dizendo: "Eu quero sair desta tutela".

No áudio de 2009, ela continuou: "Fui chantageada por visitas de meus bebês pela tutela. Estou confinada, restringida e despojada de meus direitos civis. E exijo que o estado da Califórnia analise este caso porque considero que é ilegal. Tchau".

Em outro registro, ela pede para ser representada por alguém de sua escolha, ao invés de seu pai, Jamie Spears. "Olá, aqui é Britney Spears. Quero que John Eardley e John Patterson me representem como advogados nomeados pelo tribunal em meus melhores interesses e melhores votos. Ok, tchau."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem