Celebridades

Neymar diz que fotos de Bruna Marquezine sempre estiveram em seu Instagram

'Nunca arquivei nem desarquivei. Vocês que gostam de inventar coisas', diz

O jogador Neymar
O jogador Neymar - Franck Fife/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Os nomes de Neymar, 28, Bruna Marquezine, 25, e a hashtag "Brumar" ficaram entre os assuntos mais comentados no Twitter na manhã desta terça-feira (12) após fãs especularem uma possível reconciliação do ex-casal. Tudo começou após alguns internautas afirmarem que o jogador do PSG teria desarquivado fotos antigas ao lado da atriz, que teriam voltado a aparecer em seu perfil do Instagram.

As imagens seriam de 2018, época em que namoravam. No Twitter, muitos internautas comentaram em tom de torcida: "Meu Brumar está vivo”, escreveu um deles. “Se Neymar e Bruna voltarem, eu volto a acreditar no amor”, afirmou outro.

O próprio Neymar, porém, desmentiu a informação em resposta a um post sobre o assunto no Instagram. Segundo ele, as fotos ao lado da atriz sempre estiveram na rede social. "Nunca arquivei nem desarquivei...vocês que gostam de inventar coisas", escreveu.

RELEMBRE A HISTÓRIA DE 'BRUMAR'

O relacionamento de Neymar e Bruna Marquezine viveu muitas idas e vindas desde 2012, quando surgiam apenas especulações sobre o romance.

Os dois assumiram o namoro oficialmente em 2013, quando foram vistos juntos no Carnaval da Sapucaí, no Rio de Janeiro. Não passou muito tempo e Neymar foi convidado para inteirar o time de Barcelona, da liga Espanhola, quando o casal sofreu um abalo no relacionamento. No início de 2014, com a distância, os boatos de término aumentaram e os os dois apagaram as fotos nas redes sociais.

Em novembro do mesmo ano, Bruna Marquezine começou a namorar com o modelo Marlon Teixeira, porém, o relacionamento foi até maio de 2015. Ao longo do ano, ela e o jogador voltaram a se reaproximar. Em maio de 2016, Neymar veio ao Brasil para se preparar para a Olimpíada e os dois foram vistos juntos. No final do ano, o casal assumiu que estava namorando.

Poucos meses depois, em junho de 2017, Neymar e Bruna se separaram pela terceira vez. Foi o próprio craque que comunicou a separação, que teria ocorrido, segundo pessoas próximos ao casal, após o jogador ter pedido Marquezine em casamento e a atriz recusar, pois não queria colocar a carreira em risco.

Após o período de turbulência para o casal, o ano de 2018 foi só amores. Bruna e Neymar voltaram oficialmente e até fizeram uma campanha para o Dia dos Namorados. Marquezine chegou a ganhar uma festa de aniversário do namorado, Neymar Jr,, na mansão em Mangaratiba do jogador. Após o evento, a atriz viajou para Paris para ficar um período com o craque, que já jogava pelo PS..

Em outubro o casal colocou um ponto final de vez na relação. Em declaração na época à revista Quem, a atriz confirmou o fim do namoro. "Sim, nós terminamos. Foi uma decisão que partiu dele, mas existe muito respeito, muito carinho, por ele e por tudo que a gente viveu", declarou durante um evento de grife em São Paulo.

No Carnaval de 2019, Bruna e Neymar se envolveram na última polêmica. Os dois dividiram o mesmo camarote na Sapucaí, mas não foram vistos juntos. No dia seguinte, um suposto vídeo do jogador beijando a cantora Anitta foi parar na internet. Não demorou muito para que Marquezine parasse de seguir o ex a funkeira nas redes sociais.

A atriz chegou a escrever um longo depoimento nas redes dizendo que “não entende quem continua atacando quem não revida”, em uma referência às críticas que recebeu após sua reação no Carnaval.

Em resposta, Neymar rebateu a mensagem da ex-namorada: "Também fico sem entender. O que tivemos não deu certo por alguns motivos e isso ninguém tem que se meter. Agora tem que respeita sim quem ela é como atriz", declarou o jogador em seu Twitter.

“Mas fique tranquila, Bru, só buscam falar besteira quem tem luz e você tem demais. Carinho e respeito sempre terei e te defenderei porque eu sei quem você é”, concluiu Neymar.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem