Celebridades

Thammy Miranda é o 9º vereador de SP mais bem votado e comemora: 'Valeu a pena'

Político do Partido Liberal (PL) foi eleito neste domingo (15)

Thammy Miranda
Thammy Miranda - Instagram-26.fev.2020/@thammymiranda
São Paulo

Thammy Miranda, 38, foi um dos vereadores eleitos em São Paulo neste domingo (15) pelo Partido Liberal (PL). O político transsexual, filho da cantora Gretchen, 61, foi o nono candidato mais bem votado para a Câmara Municipal neste ano.

Através das redes sociais, onde soma 3,1 milhões de seguidores, Miranda comemorou a vitória e fez questão de agradecer o seu eleitorado. "Quando eu decidi me candidatar eu sabia que o desafio era grande, um caminho longo (...) Mas enfim esse dia chegou e hoje eu posso dizer que tudo valeu a pena, só posso a agradecer você que me olhou com carinho, que me mandou mensagem no WhatsApp, que comentou no Facebook, Instagram, você que foi as urnas e me deu esse voto de confiança", afirmou o vereador.

Ele disse que irá retribuir todo o carinho e apoio que recebeu de quem o elegeu e garantiu que agora começa um novo ciclo. "Vou mostrar que sou gente que cuida de gente." Bastante emocionado, Thammy Miranda também se desculpou: "Me perdoem a cara de choro, cabelo descabelado, a gente estava comemorando muito aqui porque trabalhamos incansavelmente para que pudéssemos representar vocês da melhor forma possível."

Thammy Miranda não foi o único candidato transgênero eleito para compor a próxima legislatura da Câmara Municipal de São Paulo em 2021. A vereadora Erika Hilton (PSOL), também faz parte da gama de diversidade que irá estar presente na política da capital paulista pelos próximos anos. Curiosamente, ambos candidatos, de espectros políticos diferentes, ficaram entre os dez nomes mais votados na cidade.

Essa não foi a primeira vez que Miranda concorreu para vereador de São Paulo. Em 2016, o filho de Gretchen obteve 12.408 votos, foi o segundo mais votado no seu partido, o Partido Progressistas (PP) —hoje Progressistas—, mas não se elegeu. Ano passado, Thammy Miranda ganhou um cargo de assessor especial na Câmara Municipal de São Paulo, no gabinete do segundo secretário da Mesa Diretora da Câmara, o vereador Isac Félix (PL).

Crítico do governo Bolsonaro (sem partido), Thammy Miranda já recebeu ataques de Carlos Bolsonaro (Republicanos) e chegou a ser defendido por Gretchen publicamente. O filho de Bolsonaro chegou a replicar uma foto de Bento, filho de Thammy Miranda e Andressa Ferreira, que nasceu no início deste ano. "É incrível como você é apaixonado pelo meu filho. Está doido para entrar na nossa família. Mas meus filhos homens estão todos casados. Só lamento", escreveu Gretchen para Carlos Bolsonaro.

No dia 10 de junho deste ano, Miranda anunciou sua pré-candidatura a vereador de São Paulo. No comunicado o ator disse que deseja realizar transformações positivas para todos. "Pretendo colocar meu nome à disposição para transformarmos, juntos, a nossa cidade. Essa é minha missão. Estou com vocês."

Defensor do dinheiro público, Miranda afirmou que um dos motivos de ter pedido exoneração no gabinete de Isac Félix (PL) foi porque não concordava em receber o salário sem de fato trabalhar na Câmara. Ele também defende a ideia de que os políticos devem usar o SUS (Sistema Único de Saúde).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem