Celebridades

Gordon Ramsay doou R$ 267 mil para tratamento de câncer raro de Ben Watkins

Adolescente, que participou do MasterChef Junior, morreu dia 16 de novembro

Gordon Ramsay fez doação para o tratamento de Ben Watkins - France Presse- AFP
São Paulo

O juiz da versão norte-americana do MasterChef Junior, Gordon Ramsay, 54, doou US$ 50 mil (correspondente a R$ 267.495,00), em agosto, para ajudar no tratamento de câncer de Ben Watkins, segundo a Variety. Após um ano e meio lutando contra um tumor raro, o adolescente não resistiu à doença e morreu dia 16 de novembro aos 14 anos.

Três meses antes da morte de Ben, o famoso chef e outros competidores do reality culinário enviaram mensagem em vídeo desejando que ele se recuperasse e incentivando as pessoas a fazerem doações e, dessa forma, colaborarem com o tratamento do jovem. “Se você pode me vencer na cozinha do MasterChef Junior, pode acreditar, você pode vencer isso”, disse Ramsay no vídeo. “Deus te abençoe, e muito amor, amigo".

Ao anunciar a morte do adolescente, a família divulgou que haviam arrecadado US$ 200.000 (equivalente a R$ 1.069.980,00) para despesas médicas.

“Quando a rara doença de Ben foi compartilhada com o mundo, ele ficou tão animado com a demonstração de amor que recebeu de todos os cantos do planeta — especialmente aqui em sua cidade natal, Gary, Indiana. Não podemos agradecer a esta comunidade o suficiente por manter nossa família em oração e por tudo o que fizeram", disse o comunicado da família de Ben. “Ele sofreu mais do que sua cota em seus 14 anos na Terra, mas nos consolamos porque seu sofrimento finalmente acabou e, no final, Ben sabia que era amado por tantos", concluiu a nota.

Ben competiu na sexta temporada do MasterChef Junior quando tinha apenas 11 anos de idade. No primeiro episódio da temporada, que envolvia 40 participantes com idades entre 8 e 13 anos, disputando 24 vagas no programa e a oportunidade de conquistar um prêmio de US$ 100 mil (equivalente a R$ 534 ), o adolescente ficou com o último avental branco da noite ao fazer uma torta de pêssego com chantilly e molho de caramelo.

Ele ficou entre os 18 melhores cozinheiros do programa e se tornou um dos favoritos dos fãs, especialmente depois que os telespectadores ouviram a história de sua família. Em setembro de 2017, Michael Watkins, o pai de Ben, matou a mãe dele, Leila Edwards, a tiros, e depois se suicidou, de acordo com o jornal Chicago Tribune. A avó e o tio de Ben se tornaram seus tutores legais.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem