Celebridades

Fernanda Montenegro agradece Glenn Close, mas diz que daria Oscar para outra atriz

Para norte-americana, prêmio de 1999 deveria ter sido da brasileira e não de Gwyneth Paltrow

Fernanda Montenegro comenta declaração de Glenn Close - Globo
São Paulo

Fernanda Montenegro, 91, comentou a declaração de Glenn Close, 73, que repercutiu durante a semana. Para a atriz norte-americana, Montenegro deveria ter ganhado a estatueta de Melhor Atriz na edição de 1999 do Oscar, pela qual concorria por ter protagonizado o longa "Central do Brasil". Gwyneth Paltrow levou o prêmio por sua atuação em "Shakespeare Apaixonado".

"Eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu lembro do ano em que Gwyneth Paltrow ganhou daquela atriz incrível de 'Central do Brasil'. Eu pensei: o quê? Isso não faz sentido", disse a atriz americana em entrevista ao programa Good Morning America, da emissora ABC.

No Conversa com Bial desta sexta-feira (27), Montenegro agradeceu ao elogio feito por Close, que já foi indicada ao Oscar sete vezes. "O filme tem 21 anos. Não é brincadeira! Uma colega da dimensão dela lembrar o meu trabalho é um prêmio".

A brasileira, porém disse que teria dado o Oscar para Cate Blanchett , que também estava na disputa por sua interpretação no longa "Elizabeth". "É uma avaliação dela. Eu teria dado o prêmio para Blanchett. Ela tinha feito duas rainhas Elizabeth naquele ano extraordinárias. Não uma, foram duas"! Concorriam ainda ao prêmio em 1999, Meryl Streep por sua atuação em "Um Amor Verdadeiro" e Emily Watson por "Hilary e Jackie".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem