Celebridades
Descrição de chapéu Eleições 2020

Eleições 2020: Saiba quem são as celebridades que apoiam Covas e Boulos

Alguns não moram em SP, mas não é de se desprezar o poder de influência deles

A esq. Retrato do candidato Guilherme Boulos (PSOL) com sua máscara; a dir. Retrato de Bruno Covas (PSDB) de máscara
Guilherme Boulos (PSOL) e Bruno Covas (PSDB) - Eduardo Knapp/Folhapress
São Paulo

Enquanto tentam conseguir o endosso dos candidatos que não passaram para o segundo turno das eleições municipais de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) ganharam o apoio de cabos eleitorais de peso. Diversos famosos declararam voto pelos candidatos.

Mesmo que alguns sequer morem na capital paulista, não é de se desprezar o poder de influência que eles têm. São milhões de seguidores somados, que podem fazer a diferença numa disputa que ainda não tem vencedor definido.

No time dos que apoiam Covas, alguns dos nomes mais conhecidos do grande público são o da cantora Fafá de Belém e do chef de cozinha e apresentador Olivier Anquier (veja outros na galeria abaixo). Eles são alguns dos que aparecem na lista do Movimento Covas Prefeito, que se diz uma "frente ampla, suprapartidária, formada por pessoas que acreditam na democracia como valor fundamental".

Já entre os que declararam simpatia por Boulos, antes mesmo de o partido oficializar a candidatura dele, há nomes de peso da MPB, como os cantores Caetano Veloso e Chico Buarque, astros da TV como Camila Pitanga, Monica Iozzi e Nathalia Dill. Eles são alguns dos mais de 300 artistas que assinaram o texto "São Paulo precisa de Boulos e Erundina".

Outros manifestaram o apoio por meio das redes sociais. Foi o caso dos atores Bruno Gagliasso e Caio Blat. "Caso não tenha ficado claro, eu estou torcendo muito por Guilherme Boulos e [pela vice] Luiza Erundina", escreveu nas redes sociais, usando inclusive a hashtag com o número do candidato.

Já o colega publicou uma foto dele ainda criança ao lado de Erundina. "Sou Luiza Erundina desde criancinha!", explicou na legenda. "Em 1988 ela foi eleita prefeita de São Paulo e eu fui escalado para entrevistá-la. Desde então conta com minha admiração, pela brilhante trajetória no Congresso e por seu caráter."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem