Celebridades

Ellen DeGeneres coloca mansão à venda por R$ 220 milhões após assalto

Imóvel em Montecito, na Califórnia, foi invadido por ladrões em julho

Ellen Degeneres - Instagram/ellen.degeneres08
São Paulo

A apresentadora Ellen DeGeneres, 62, resolveu colocar à venda por US$ 39,9 milhões (cerca de R$ 220 milhões) a mansão em Montecito, na Califórnia, onde ela mora com a mulher, a atriz Portia de Rossi, 47. Em julho deste ano, a casa foi invadida por bandidos, que roubaram joias e relógios caros.

Segundo a Variety, após o assalto, melhorias de segurança foram implementadas na propriedade como câmeras de alta tecnologia. Ainda de acordo com o site, DeGeneres e Rossi não costumam ficar na mesma casa por mais de dois anos. A mansão de Montecito, chamada de Salt Hill, foi comprada em 2019 por US$ 27 milhões (R$ 149 milhões). Desde então, elas expandiram a residência ao adquirir uma imóvel adjacente por US$ 1,9 milhão (R$ 10 milhões).

A propriedade é dividida em quatro estruturas distintas, tem quatro quartos, sete banheiros e oferece vista para as montanhas e para o mar. Há também um lago com carpas, gramados exuberantes e uma quadra esportiva isolada, além de piscina com borda infinita.

Segundo a Variety, Ellen DeGeneres e a mulher continuam mantendo outra mansão que possuem em Beverly Hills, também na Califórnia, e que elas compraram do cantor Adam Levine por US$ 45 milhões (R$ 249 milhões na cotação atual).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem