Celebridades

Príncipes William e Harry dividem lucros de fundo memorial da mãe, Diana

Fundo de doações irá para a Royal Foundation e instituição de caridade à escolha de Harry

Os príncipes William e Harry
Os príncipes William e Harry - AFP
São Paulo

O duque de Cambridge e o duque de Sussex concordaram em dividir os lucros do fundo memorial criado em nome de sua mãe, Diana (1961-1997). O jornal The Guardian revelou nesta segunda-feira (6) que William e Harry assinaram em dezembro um acordo relacionado à separação da fundação.

O Diana Memorial Fund é um fundo de doações lançado em 2012, que teve a finalidade continuar o trabalho humanitário realizado por Lady Di. Ele será agora dividido entre a Royal Foundation (organização pertencente a William), e uma instituição de caridade escolhida por Harry, segundo informou uma fonte ao portal Insider.

Harry e Meghan Markle se separaram da Royal Foundation no ano passado para lançarem sua própria instituição de caridade, a Sussex Royal, que acabou precisando mudar de nome após o casal renunciar aos deveres reais e perder a permissão para usar a palavra "Real" em sua marca.

Desde então, elesanunciaram planos de lançar uma nova instituição de caridade, chamada Archewell, em homenagem a seu filho, Archie. O casal revelou ao jornal The Telegraph que, com a nova organização sem fins lucrativos, tem planos de administrarem grupos de apoio emocional e um "império educacional multimídia", além de lançarem um site de bem-estar.

Morando em Los Angeles, os dois afirmaram que o nome Archewell é derivado da palavra grega "arche", para designar "fonte de ação", e do nome de seu filho, Archie Mountbatten-Windsor.

O processo de registro da marca foi iniciado no dia 3 de março, e cobre itens que vão de material escolar a roupas. Segundo eles, o intuito é fazer algo importante e significativo com a organização.

"Como vocês, nosso foco está em apoiar os esforços para combater a pandemia global do Covid-19, mas, diante dessas informações que vieram à luz (o nome da fundação), nos sentimos compelidos a compartilhar a história de como isso aconteceu. Antes do SussexRoyal, surgiu a ideia de 'Arche', a palavra grega que significa 'fonte de ação'. Nós nos conectamos a esse conceito para a organização de caridade que esperávamos construir um dia, e ela se tornou a inspiração para o nome do nosso filho", disse o casal em comunicado.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem