Celebridades

Katy Perry diz que pensou em suicídio após se separar de Orlando Bloom

Cantora também ficou decepcionada com repercussão do álbum "Witness", de 2017

Bloom
Katy Perry e Orlando Bloom - Mario Anzuoni/Reuters
São Paulo

Katy Perry, 35, abriu o jogo sobre sua saúde mental. Durante participação no programa de rádio canadense "Q on CBC", a cantor afirmou que considerou se suicidar em 2017, após se separar de Orlando Bloom, 43.

"Perdi o meu sorriso", contou ao apresentador Tom Power. "Eu não sei era um sorriso totalmente autêntico, mas estive no topo da alegria por um longo tempo. Que foi a validação, o amor e a admiração do mundo exterior... E então isso mudou."

A jurada do "American Idol", que depois se reconciliou com Bloom e agora espera dele seu primeiro filho, disse que nem o lançamento do álbum "Witness", no mesmo ano, fez seu ânimo melhorar. Ela descreveu o impacto da separação como "sísmico" e disse que a situação "literalmente me partiu ao meio".

"Tinha terminado com meu namorado, que agora será o pai do meu bebê, e então estava animada com o lançamento do meu próximo álbum, mas isso não me levou a voar novamente", avaliou. "A validação não me levou ao topo, e então eu simplesmente caí."

A cantora pop afirmou que esse momento foi uma "quebra necessária" em sua vida e que mudou a forma como enxerga o mundo. "Era tão importante para mim estar destruída, para que eu pudesse encontrar minha totalidade de uma maneira totalmente diferente", disse. "E ser mais dimensional do que apenas viver minha vida como uma estrela pop sedenta o tempo todo."

Ela também revelou a fé a ajudou a se recuperar. "A gratidão é provavelmente a coisa que salvou a minha vida, porque se eu não a achasse teria mergulhado na minha própria tristeza e provavelmente teria pulado, mas encontrei maneiras de agradecer", dividiu.

"A esperança sempre foi uma opção para mim... por causa do meu relacionamento com Deus e algo maior do que eu", afirmou. "Minha esperança é que algo maior que eu me tenha criado para um propósito e me criado por uma razão, e que eu não seja descartável, e que, você sabe, toda pessoa tenha sido criada para um propósito."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem