Celebridades

Luciano Huck faz aula de balé online com a filha caçula durante a quarentena

Apresentador mostrou vídeo com Eva, 7, nas redes sociais

Luciano Huck faz balé com a filha Eva em casa - Instagram/lucianohuck
São Paulo

O apresentador Luciano Huck, 48, usou suas redes sociais, nesta quinta-feira (7), para mostrar um momento fofo vivido com sua filha caçula, Eva, 7, durante esse período de quarentena. “Quando sua filha fala: ‘pai, faz a aula de balé comigo'”, comentou ele.

O vídeo dos dois lado a lado fazendo os movimentos de balé foi postado nos stories [ferramente que mostra vídeos e fotos por 24 horas no Instagram] do apresentador. Casado com Angélica, ele também é pai de dois meninos: Joaquim, 15, e Benício, 12.

Com a família reunida em casa devido à quarentena provocada pelo novo coronavírus, Luciano e Angélica têm postado vídeos fofos da intimidade da família. A apresentadora compartilhou também no Instagram, nesta quinta, a filha assistindo ao seriado “Caça Talentos” (Globo, 1996-1998), estrelado por Angélica.

No início da quarentena, Luciano Huck anunciou que arrecadou, junto de alguns amigos, como Neymar, 28, Thiaguinho, 37, e Gabriel Medina, 26, mais de R$ 1,5 milhão para serem doados a favelas e comunidades carentes. A iniciativa teria começado após o apresentador se ver em meio a uma polêmica.

A saia justa aconteceu após um dos sócios de Huck, Junior Durski, dono da rede de restaurantes Madero, se posicionar contra o isolamente social recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Para o empresário, o Brasil não poderia parar porque “5.000 ou 7.000 pessoas vão morrer”.

Huck então usou seu Twitter para se manifestar e disse que, como gosta de empreender, já teve um numero expressivo de sócios. “Não seria razoável imaginar que todos pensassem da mesma forma sobre tudo”. E destacou que o importante é enxergar “o coletivo de forma coerente com o que dizem a ciência e os exemplos do passado, ou é equivocada e desumana”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem