Celebridades

Thiago Salvático diz que relação com Gugu foi baseada em muito amor

Suposto namorado do apresentador falou à TV pela primeira vez neste domingo

Gugu e Thiago Salvático em Paris
Gugu e Thiago Salvático - Instagram/salvatico.thiago
São Paulo

Suposto namorado do apresentador Gugu Liberato, morto em novembro de 2019, Thiago Salvático, 32, falou com a TV sobre o relacionamento pela primeira vez neste domingo (17). "Foi uma relação baseada em muito amor, cumplicidade e na comunhão de vidas que eu tenho muito orgulho de ter vivido", relatou o chef de cozinha em entrevista ao Fantástico, da Globo.

Atualmente residindo na Alemanha, onde é proprietário de duas sorveterias, Salvático trava uma batalha na Justiça pedindo o reconhecimento da união estável homoafetiva com o apresentador e a partilha dos bens acumulados no período em que estiveram juntos –segundo ele, desde 2011. O chef disse que, desde a morte de Gugu, vinha buscando preservar sua intimidade, mas com a dimensão que o assunto tomou, se sentiu na obrigação de se manifestar.

"Posso falar, com a tranquilidade de quem conviveu mais de oito anos com ele, que o maior sonho dele seria poder viver em um mundo sem preconceitos, sem julgamentos pela orientação sexual, em que as pessoas pudessem manifestar livremente o amor, sem sofrer qualquer tipo de consequência", declarou ao Fantástico no domingo (17).

Salvático falou pela primeira vez à imprensa na última segunda-feira (11), em entrevista ao colunista Leo Dias, do UOL. Na ocasião, o chef disse que o relacionamento só havia terminado em razão da morte do apresentador: "A minha pretensão é legítima. Eu tenho a obrigação de defender a nossa relação e a verdade. Quando o Gugu fez o testamento, em 2011, ele não me conhecia", afirmou, à época.

DISPUTA FAMILIAR

Rose Miriam, que não era casada oficialmente com Gugu, mas vivia com ele e a mãe de seus três filhos, também foi à Justiça após a morte do apresentador para que fosse reconhecida a união estável dos dois e, assim, ter direito à herança dele, que foi partilhada apenas entre os filhos e sobrinhos de Gugu.

Metade dos bens do apresentador foram transmitidos obrigatoriamente a João, Sofia, 15, e Marina, 15. Já a segunda metade, o apresentador dividiu, deixando 75% para os três e 25% para cinco sobrinhos.

A disputa judicial deu origem a uma série de desavenças entre Rose e a família de Gugu. A mãe do apresentador, Maria do Céu, chegou a dizer que os Rose e Gugu nunca tiveram nada, mas que o apresentador dava a Rose tudo que ela queria. Ela também chegou a dizer que Rose estava destruindo a família com a disputa.

Enquanto os advogados de Rose Miriam apresentam fotos e documentos que comprovariam a união do casal, os representantes de Gugu também apresentam documentos e declarações que provariam o contrário.

De acordo com o advogado de Rose, ela e o apresentador tinham uma conta conjunta nos Estados Unidos e isso seria mais um fator que comprovaria a união estável pedida por ela. Rose pede na Justiça o direito a 50% da herança de Gugu Liberato. O caso segue em segredo.

Em março, uma psicóloga atestou que Rose estava sob tratamento com remédios que tinham como efeito colateral “perda significativa de memória” quando abriu mão da herança, em um primeiro momento. Segundo Vera Lúcia Gonçalves, ela apresentava quadro “delirante paranoico” e “não conseguiria juntar as ideias em decorrência de enorme estresse”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem