Celebridades

Andressa Urach comenta pandemia de coronavírus: 'Quem tem Jesus não tem medo da morte'

'Se você tem medo é porque você não tem certeza da tua salvação', diz

Andressa Urach
Andressa Urach - Reprodução/Instagram
São Paulo

Andressa Urach, 32, declarou que não é necessário ter medo da pandemia de coronavírus. Segundo ela, "quem tem Jesus não tem medo da morte".

"E se Jesus volta agora, você está pronto? Então vai temer o que?", escreveu ela em uma publicação no Instagram. "Se você tem medo é porque você não tem certeza da tua salvação, então te arrepende dos teus pecados e aceita Jesus como teu único salvador. Quem tem intimidade com Deus não teme absolutamente a nada".

Na mesma publicação, a carioca acrescentou: "Imagina quando chegar a tribulação? Você cristão vai vender tua Alma por um prato de comida? Para os mimizentos: não estou falando de cuidados com a higiene, faça interpretação de texto, estamos falando de salvação da Alma".

Nesta segunda-feira (16), o chef de cozinha e apresentador de TV Olivier Anquier, 60, também usou suas redes sociais para criticar as medidas que estão sendo tomadas param conter o avanço do novo coronavírus no país. Segundo ele, a população está passando por uma “paranoia injetada a força”.

“Eu me recusa a me esconder em casa e abandonar os meus clientes que saíram e foram às minhas padarias ou restaurantes. Faço questão de ser presente e cumprimentar cada um deles (...) porque para muitos a realidade da vida é muito mais cruel e violenta que o corona.”

Olivier completou afirmando que não aceita argumentos de quem nunca fez nada para conter problemas que, segundo ele, são infinitamente maiores, como epidemia de dengue, assassinato por criminalidade, acidentes rodoviários, barragens que se abrem, tragédias causadas pelas chuvas, entre outros.

Muitos famosos comentaram o post lamentando a decisão dele de não seguir as recomendações. “Que você consiga ler e entender o que está acontecendo. Que pena”, afirmou Antonia Fontenelle. “É delicada a linha entre o não entrar em pânico e ser irresponsável. Todo cuidado é pouco”, disse Marina Person.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem