Celebridades

De Anitta e Ludmilla a surubão de Noronha, recorde as separações, brigas e até gafes de 2019

Veja a seleção das principais polêmicas do mundo das celebridades

Anitta e Ludmilla em vídeo da música "Favela Chegou"
Anitta e Ludmilla em vídeo da música "Favela Chegou" - Bruna Prado/UOL
São Paulo

O ano de 2019 foi movimentado entre as celebridades. Foram separações, fofocas, brigas e muitas gafes que envolveram personalidades como Anitta, 26, José Loreto, 35, e Carlinhos Maia. Mas foi Silvio Santos, 89, quem marcou presença nesta lista nada glamourosa pelo segundo ano seguido (confira vídeo abaixo). 

O principal bafão do ano, pelo menos de acordo com os leitores que votaram no Prêmio F5, foi protagonizado pelas cantoras Anitta e Ludmilla, 24, que terminaram uma amizade que parecia bem sólida e já tinha inclusive gerado alguns frutos musicais, como o sucesso “Favela Chegou”. 

Mas foi o novo hit das duas, “Onda Diferente”, gravado com o rapper americano Snoop Dogg, 48, que levou à confusão no mundo do funk. Isso por que Ludmilla, a autora da canção, afirma que não foi comunicada de que Anitta também entraria na ficha técnica da música. 

Segundo Lud, apenas Snoop Dogg deveria ter o nome ao lado do seu, já que essa teria sido uma condição para ele participar da parceria. Como se não bastasse o desentendimento entre Ludmilla e Anitta, os fãs também fizeram questão de entrar na briga, com direito a ataques em redes sociais e guerras de vaias e aplausos em premiações, como a promovida pelo Multishow. Vale lembrar que a tal canção foi uma das premiadas na ocasião.

Outro desentendimento entre amigos que movimentou o mundo das celebridades neste ano foi o que envolveu os influenciadores digitais Carlinhos Maia e Whindersson Nunes, 24. Mas também houve separações, suspeitas de traição e até uso de uma saudação nazista entre as principais gafes de 2019. 

Silvio Santos, que havia vencido o Prêmio F5 de 2018, também na categoria bafões, após dizer que não abraçaria Claudia Leitte por que ficaria excitado, voltou a frequentar a lista deste ano e não por um ou dois deslizes, mas por pelo menos quatro. Entre os mais comentados está o preconceito contra uma competidora negra num concurso de canto. 
 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem