Celebridades

Por que PewDiePie, ex-youtuber com mais seguidores no mundo, quer deixar a plataforma

PewDiePie chegou a ser o youtuber mais bem pago da plataforma
PewDiePie chegou a ser o youtuber mais bem pago da plataforma - Getty Images/BBC News Brasil
Descrição de chapéu BBC News Brasil

O astro do YouTube PewDiePie anunciou que dará uma pausa na plataforma por estar se "sentindo muito cansado". O youtuber de 29 anos de idade, cujo nome verdadeiro é Felix Kjellberg, alcançou a fama com seus comentários sobre videogame e chegou a ser o mais bem pago da plataforma.

Mas, recentemente, ele se envolveu em polêmicas com acusações de racismo e antissemitismo. "No começo do ano que vem, vou passar um tempo afastado. Vou explicar isso mais tarde", disse PewDiePie em um vídeo.

Ainda este ano, PewDiePie, que tem 102 milhões de seguidores, foi tirado do posto de maior canal do Youtube no mundo pela gravadora de Bollywood T-Series, que chegou a 121 milhões.

"Eu vou dar uma pausa no Youtube no ano que vem. Eu queria dizer isso o quanto antes porque me decidi. Eu estou cansado. Estou me sentindo muito cansado. Não sei se dá para perceber", disse PewDiePie, rindo.

A Disney encerrou o contrato com ele em 2017, depois de vídeos que teriam usado referências nazistas e imagens antissemitas. Ele reconheceu que o material era ofensivo, mas disse que não apoiou "qualquer tipo de atitude odiosa".

PewDiePie tinha fechado o contrato com a Disney por meio da Maker Studios, empresa com uma rede de astros do Youtube.

Ainda em 2017, ele pediu desculpas por usar o termo pejorativo "nigger" (considerado tabu nos Estados Unidos para se referir a negros) em uma transmissão ao vivo.

No ano passado, ele se desculpou novamente por repostar um meme em que parecia zombar da cantora Demi Lovato e seu período hospitalizada, em tratamento por uma suspeita de overdose.

BBC News Brasil
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem